A equipe de fiscalização da 75ª Zona Eleitoral recebeu na manhã desta segunda-feira (29) uma denúncia de que o vereador Ozéias (PSDB) estaria comprando votos de eleitores em Travessão. A equipe esteve no local e prendeu em flagrante o vereador junto com agendas, onde constavam anotações de distribuição de cestas básicas, cheque cidadão e R$ 27 mil. Ele foi encaminhado à Polícia Federal (PF). Após pagamento de fiança, foi liberado.

A delegada Carla de Melo Dolinski, responsável pela chefia da Delegacia da Polícia Federal em Campos, explicou que a PF está fazendo um trabalho preventivo ao lado da Justiça Eleitoral para apurar compra de votos. “Foi encontrado farto material eleitoral, várias listagens com indício de compra de votos e R$ 27 mil em dinheiro”, informou a delegada.

Na defesa do vereador Ozéias, o advogado Luiz Henrique Freitas afirmou que não há nada que configure compra de votos. Segundo o advogado, o valor (R$ 27 mil) seria utilizado para quitar a parcela de um ônibus e as pessoas estavam lá para tirar carteira.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *