Por alexandre bastos, em 16-10-2012 – 10h38

Ainda fazendo um balanço sobre o resultado da eleição, vereadores comentaram durante a sessão de hoje (16) sobre a compra de votos. “A gente sabe que acontece esse tipo de coisa. Infelizmente, não é fácil fiscalizar. Trata-se de algo extremamente nocivo e prejudicial”, disse o vereador Vieira Reis (PRB), que não tentou a reeleição. “Recebi uma missão do meu grupo quando já estava com o registro de candidatura. Mudamos os planos na reta final e, mesmo assim, conseguimos transferir votos e eleger o Dayvison Miranda, que obteve 4.292 e com certeza fará um grande trabalho”, explicou.

Segundo Odisséia, a compra de votos foi deslavada. “Dessa vez custou muito mais do que cinquentinha. Chegaram a comprar votos por trezentos reais. Pessoas ligadas a mim foram compradas, Placas com o meu nome eram retiradas. Um verdadeiro absurdo”, desabafou.

Ao comentar sobre a compra de votos, o vereador Nelson Nahim disse: “Infelizmente houve compra de votos. Porém, não podemos ficar aqui tentando adivinhar como seria se esse tipo de situação não tivesse ocorrido. Agora é o momento de trabalhar e elevar o nível do debate nesta Casa”, disse.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *