Atendimentos no espaço ampliado começou nesta sexta-feira (21).
Programa foi eleito entre 5 melhores no Congresso Brasileiro de Genética.

Síndrome de Down (Foto: Reuters)

O Dia Internacional da Síndrome de Down, celebrado nesta sexta-feira (21), vai ter um motivo a mais de comemoração em Campos dos Goytacazes, no Norte Fluminense. A partir desta sexta, os atendimentos na sede do Programa de Genética da Secretaria de Saúde, passam ser realizados num espaço ampliado. A obra foi direcionada, principalmente, para os pacientes com síndrome de down atendidos no setor.  A sala do programa no Centro de Referência e Tratamento da Criança e do Adolescente (CRTCA 2), recebeu reforma na parte elétrica, hidráulica, teto, pintura e outros ajustes.

O programa foi eleito entre os cinco melhores no Congresso Brasileiro de Genética. Além disso, foi contemplado pela Indústria Farmacêutica para estudo clínico da Doença de Fabry. Campos é a única cidade do país a realizar esse tipo de estudo com coleta de exames gratuitos.

O Programa de Genética realiza inúmeros exames, entre eles, para identificar síndrome genética, avaliar risco de aborto em gestantes, crianças com atraso no aprendizado, abortos constantes, crianças com má formação, crianças autistas, além dos atendimentos realizados em crianças internadas em Unidades de Terapia Intensiva (UTI) com doenças metabólicas.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *