O Centro de Emergência Doutor Pedro Otávio Enes Barreto (UPA), voltou a fechar as portas nesta terça-feira (15) pela falta de colaboradores para manter a unidade em funcionamento. No último dia 14 de outubro, o Centro também fechou e só estava atendendo emergência vermelha, casos mais graves, por falta de colaboradores.

Nesta terça, quem procurou atendimento se deparou com um comunicado na porta da frente da unidade informando que quem precisar de algum atendimento deve procurar o PU da localidade de Barcelos ou da praia de Grussaí ou seguir até Campos em busca de atendimento.

Na última ocasião, o fechamento se deu pela falta de pagamento que já chegava a sete meses, aos 200 funcionários da unidade entre enfermeiros, médicos, técnicos de enfermagem, atendentes e auxiliar de serviços gerais. Nesta terça, como é feriado, a prefeitura nem a unidade se pronunciaram sobre o fechamento da UPA.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *