Universitários de Campos têm semestre prejudicado por falta de transporte

.

Os estudantes de distritos mais distantes do centro estão sem transporte.
Estudantes de Campos que moram em distritos mais distantes do Centro estão sem o transporte oferecido pela prefeitura. Alguns deixaram de estudar enquanto outros buscam alternativas para não perderem o semestre. Há pelo menos 15 dias, estudantes que moram em Santo Eduardo estão sem transporte escolar. Como o distrito fica a quase 80 quilômetros do Centro, chegar até a sala de aula se tornou um desafio para os universitários. Sem o transporte o jeito é recorrer ao ônibus comum. Mas para chegar á cidade, não é tão simples assim. E voltar pra casa é ainda mais complicado por conta do horário. Os estudantes contam que é preciso sair mais cedo da aula para não perder o último ônibus.
A secretária de Educação, Joilza Rangel, informou que a situação do transporte dos estudantes universitários de Santo Eduardo será regularizada até segunda-feira (22).
Visite Sempre: http://fabriciolirio.com.br/
Fonte: In 360

Mais uma vergonha na Educação !!!!!!!!!!

            O homem bomba voltou, Enilson, 58 anos de conhecimento no funcionamento nas escolas de campos.

Em Entrevista ao Jornalista Fabrício Lírio, Enilson de Paula Martins, declarou seus motivos pelo seu protesto pelas ruas de Campos :

“Eu estou caminhando pela cidade fazendo meu protesto em relação ao mal investimento de 6 milhões e 200 mil, desejo que o governo municipal fale onde estes milhões serão gastos realmente ? eles terão que mostrar em que será gasto este dinheiro”. Continue lendo “Mais uma vergonha na Educação !!!!!!!!!!”

Biblioteca pública de Campos recebe selo de instituição de apoio ao deficiente visual

 Biblioteca pública de Campos  apoia aos deficientes visuais

A biblioteca pública de Campos foi reconhecida por uma das mais importantes instituições de apoio aos deficientes visuais do país, o Dorina Nowill. O selo recebido pela biblioteca veio junto com uma cartilha, para a aprimorar a capacitação dos profissionais no atendimento a esse público. Só em Campos existem cerca de 1000 pessoas com deficiencia visual.

Em meio a mais de 27 mil livros, a biblioteca pública da cidade tem cerca de 100 títulos em braile, o alfabeto dos cegos. Outros 200 estão em formato de áudio-livro, cds que trazem as obras em áudio.

Visite Sempre: http://fabriciolirio.com.br/

 

Inscrições do curso acompanhante idosos abertas em Macaé

.

Oportunidade para cuidador de idosos

O “Projeto Capacitação de Cuidador de Idosos” é uma oportunidade para quem se dedica a cuidar de idosos e deseja desenvolver-se.

O projeto esta sendo promovido pela prefeitura através da Coordenadoria Geral do Programa Macaé Cidadão, serão encerradas na próxima quinta-feira (18/08), para iniciar no dia 25 de agosto. O curso possui uma carga horária de 64 horas, com 80 vagas e acontecerá no auditório do Colégio Municipal Professora Maria Isabel Damasceno Simão. Os interessados devem procurar a sede do Programa Macaé Cidadão, situada à Av. Papa João XXIII, 175, Imbetiba – Tel: 2772 – 2445 / 2757-2408. O curso conta com a parceria das Secretarias Municipais de Saúde e do Idoso.

Para mais informaçõe clique  aqui.

Professores estaduais retomaram as aulas nesta segunda (15)

.

Professores da rede estadual do Rio voltam ao trabalho nesta segunda

Finalmente alunos e professores retornaram  nesta segunda-feira às atividades normais, depois de duas semanas de greve parcial nas escolas do estado do Rio de Janeiro. Os professores haviam pedido 26% de reajuste salarial e Sérgio Cabral apresentou uma contraproposta de 3,5%, que foi rejeitada pelos professores. Na última terça-feira (9) ocorreu uma assembléia da Alerj onde o governador Sérgio Cabral e os deputados estaduais discutiram o reajuste salarial e as outras exigências feitas pelos profissionais da rede estadual de educação, ficando acordado que os professores, a partir do mês de agosto, ganhariam 5% de aumento em seus salários e a incorporação total das parcelas do Nova Escola em 2011 e 2012. Porém, Sérgio Cabral tem 15 dias para assinar a emenda.

Estudo – Capital Intelectual: A Nova Vantagem Competitiva das Empresas

.

Se antes a terra, e depois o capital eram os fatores decisivos de produção, hoje o fator decisivo é cada vez mais o homem em si, ou seja, seu conhecimento. STEWART (1998).

Pode-se observar que nas últimas décadas, gradativamente, vêm ocorrendo mudanças na sociedade que geraram um processo de globalização mundial. Como decorrência, as empresas começaram a perceber a existência de um novo fator de produção a ser gerenciado, o Capital Intelectual, que tem o poder de elevação do valor de mercado das organizações, isto por que as pessoas carregam consigo uma bagagem de conhecimento capaz de promover o crescimento e sucesso das empresas. O conhecimento sempre desempenhou um importante papel nas organizações, e atualmente é um dos principais ativos organizacionais que tem se destacado como a base da vantagem competitiva. O conhecimento é mais valioso e poderoso do que os recursos naturais, grandes indústrias ou polpudas contas bancárias.

As empresas estão tendo de aprender a gerir seu conhecimento procurando organizar e sistematizar a sua capacidade de captar, criar, implantar e gerenciar informações tanto internas quanto externas que devem ser transformadas em conhecimento, proporcionando-lhe a capacidade de sobrevivência e aperfeiçoando a capacidade intelectual das pessoas que tomam diariamente as decisões que em conjunto determinando o sucesso ou o fracasso de um negócio.

Mas o que é Capital Intelectual????

Para conceituar capital intelectual Edvinsson e Malone (1998) comparam a empresa a uma árvore: consideram a parte visível (tronco, galhos e folhas), aquela que está descrita nas demonstrações contábeis e em documentos, e a parte invisível aquela que se encontra abaixo da superfície, no sistema de raízes, no caso o capital intelectual da empresa. Veja a figura: Continue lendo “Estudo – Capital Intelectual: A Nova Vantagem Competitiva das Empresas”

Alerj amplia reajuste de 3,5% para 5% para Professores e Faetec

.

A Assembleia Legislativa do Rio (Alerj) aprovou nesta quinta-feira (11/08), os projetos do Poder Executivo com o reajuste para o corpo docente da rede estadual, nas secretarias de Educação e Cultura, e para os servidores Quadro Permanente da Fundação de Apoio à Escola Técnica (Faetec).

Uma das nove emendas aprovadas no projeto 677/11 aumentou o índice do aumento dos 3,5% propostos pelo Governo para 5%. A mesma proposta foi apresentada para o projeto 679/11. Ambos seguirão para o governador Sérgio Cabral.

O governador terá 15 dias úteis para sancionar o substitutivo da Alerj, que recebeu os votos contrários dos deputados Clarissa Garotinho (PR), Luiz Paulo (PSDB), Paulo Ramos

(PDT), Marcio Pacheco (PSC) e dos deputados do PSol Janira Rocha e Marcelo Freixo.

Fonte: ururau

Manifestação do MST marca o dia do estudante em Campos

.

Jovens integrantes do Movimento dos Trabalhadores Sem Terra (MST), de Campos fazem, ao longo desta quinta-feira (11/08), uma manifestação na Praça do Santíssimo Salvador, contra o fechamento de escolas localizadas na Zona Rural do Brasil, estado do Rio e, mais especificamente no município de Campos.

Segundo as integrantes do movimento, Amanda Matheus e Elisângela Carvalho, o ato marca a Campanha Nacional, “Fechar Escola é Crime” e tem a finalidade de mostrar à sociedade a realidade dos jovens estudantes que vivem no meio rural. De acordo com elas, no período compreendido entre os anos de 2002 a 2009, cerca de 24 mil escolas foram fechadas em todo o Brasil, 80% delas, localizadas na Zona Rural.

 

A Campanha Nacional do MST intitulada “Fechar Escola é Crime” reivindica principalmente que as escolas sejam localizadas no campo, próximo à moradia dos estudantes; e que os Poderes, Judiciário, e Legislativo, o Ministério Público e os Conselhos de Educação barrem o processo sistemático de fechamento de escolas.

ESCOLAS DESATIVADAS EM CAMPOS
1- E.M. Ribeiro de Carvalho (Morro do Coco)
2- E. M. Antônio Rodrigues da Silva (Morro do Coco)
3- E. M. Barcelos Martins (Correteza)
4- E. M. Carlota Ferreira Peçanha (Santa Maria)
5- E.M. Fazenda Muritiba (Morro do Coco)
6- E.M. Guararuna (Morro do Coco)
7- Joaquim Costa Wagner (Tocos)
8- E.M. Maura Batista Peçanha (Morro do Coco)
9- E.M. Barra Velha (Farol de São Tomé)
10-  E.M. Benedito Ribeiro Venâncio (Goiaba, Tocos)
11-  E.M. Mont’ Alverne (Mulaco, Baixada)
12-  E.M. Nossa Senhora do Carmo (Garrafão, Santo Eduardo)

Fonte: URURAU

Reajuste salarial de professores da rede estadual é votado nesta quinta (11)

.

A Assembléia Legislativa do Rio vota, nesta quinta-feira (11), o reajuste salarial dos servidores da rede estadual de ensino. O Governo oferece 3,5% de aumento aos profissionais, que há dois meses estão em greve. Em Petrópolis alguns decidiram retomar às aulas nesta semana depois de uma assembléia. Bom para quem comemora nesta quinta (11) o Dia do Estudante.

 

Dia do Estudante comemorado com debates e eleição na FEC.

.

Neste Dia do Estudante a Federação dos Estudantes de Campos (FEC) realizará o seu Congresso Municipal, reunindo cerca de 500 estudantes de diversas escolas públicas e privadas. A atividade, que promete ser o maior Congresso da história da entidade, campus Campos-Centro do Instituto Federal Fluminense (IFF).
Além de eleger a nova diretoria da FEC os estudantes também debaterão assuntos como o passe-livre, a meia-entrada, o primeiro emprego e o Pronatec (Programa Nacional do Ensino Técnico). A mesa de abertura contará com a presença de diversas autoridades, entre eles, o diretor do IFF, Jefferson Azevedo, e o presidente da Câmara Municipal, Nelson Nahim.
“O Congresso da FEC é um espaço de debates e discussões, que representa a força do movimento estudantil. A FEC é dos estudantes e precisamos fazer dela uma entidade cada vez mais forte e atuante para alcançarmos novas conquistas”, declarou Hugo Pereira, presidente do Grêmio Estudantil Nilo Peçanha (GENP) do IFF, ressaltando a importante conquista da Lei do Primeiro Emprego, sancionada ano passado após reivindicações da FEC.
Fonte: Folha da Manhã