Me da uma esmola por favor é só 0,60 centavos

Quantas pessoas usam passagem a 1 real?

Se você tivesse somente um real no bolso e estivesse sem o cartão cidadão da passagem um real como você seguiria sua viagem? Afinal só tem desconto quem tem cartão cidadão, segue a resposta, não se preocupe a baderna é geral. Além dos ônibus sucateados, dos funcionários das empresas, motoristas e cobradores, surgiu um novo fator para contribuir com o descontrole no pagamento do complemento da passagem. Os trocadores andam com um cartão master para todo mundo que entra nos ônibus, tendo ou não o cartão cidadão, receberem aparentemente este benefício, porém quem garante que estes mesmos trocadores não estão aumentando o volume de passageiros simplesmente para receberem a compensação. Afinal é simples é só passar o cartão master do trocador na máquina leitora e a prefeitura irá pagar o complemente de 0,60 centavos  concerteza conivente com os donos das empresas de ônibus. Se você tiver dúvidas é só pegar o ônibus testar.

Mais uma novidade na cidade das maravilhas!

A presidenta Dilma vetou a participação de diretor do Dnit em reunião no Planalto

.

De acordo com o Jornal Bom Dia Brasil o vice-presidente da República, Michel Temer, evitou nesta quinta-feira (21) comentar a crise que atingiu o Ministério dos Transportes e provocou demissões de servidores indicados pelo PR. Porém a população ainda espera por explicações sobre a veracidade das denúncias divulgadas nos últimos que provocaram a crise no Ministério dos Transportes. O Ministério dos Transportes é alvo de denúncias de corrupção em obras e favorecimento ao PR, 15 pessoas já foram demitidas. (Ver nomes e cargos). Apenas 18 dias após a divulgação das denúncias de irregularidades, o senador licenciado do PR Alfredo Nascimento deixou o comando da Pasta junto com pelo menos quatro auxiliares diretos. No último dia 21 (quinta-feira) a presidente Dilma Rousseff proibiu a participação em uma reunião no Palácio do Planalto do diretor de infraestrutura rodoviária do Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (Dnit), Hideraldo Caron. Lembrando que Hideraldo chegou à diretoria do Dnit por indicação do PT. Segundo avaliação do governo a permanência de Hideraldo Caron no Dnit é mais um complicador na crise do Ministério dos Transportes, porém nesta quinta-feira segundo o Jornal Bom Dia Brasil Hideraldo Caron declarou que por enquanto nada mudou e que ele continua trabalhando normalmente. A Controladoria-Geral da União instaurou mais quatro processos para investigar as denúncias de irregularidades no Ministério dos Transportes. Já são sete os processos abertos desde o início das denuncias de corrupção no ministério. Por enquanto a população a brasileira resta aguardar as cenas dos próximos capítulos!!!

Novas Regras para Emissão e Compensação de Cheques

.

Governo cria Novas Regras para Emissão e Compensação de Cheques

O Conselho Monetário Nacional (CMN) divulgou as novas regras para emissão e compensação de cheques. O objetivo é tornar mais seguro o recebimento desse instrumento de pagamento. A nova determinação passou a valer a partir do dia 19 junho (terça-feira) vigorando em todo território nacional. Até então, o período de espera pela compensação dependendo da distância da praça onde o cheque foi emitido era de até 20 dias. Agora a determinação é que os cheques depositados em qualquer agência bancária no Brasil vão levar apenas dois dias para serem compensados. Ou seja, os cheques entrarão na conta e poderão ser sacados pelo titular 48 horas após o depósito.

Os cheques nos valores de até R$ 299,99 vão ser compensados em até dois dias e os valores acima de R$ 300, terão a compensação feita em apenas um dia. De acordo com a Febraban, cerca de 90 milhões de cheques são movimentados por dia no Brasil.

O novo sistema evita que os cheques circulem entre os bancos para se transformar em dinheiro, pois as agências vão captar as informações através de código de barras e imagem e os dados serão enviados ao Banco do Brasil, que fará o processamento e o envio ao banco de origem. O cheque em papel ficará no primeiro banco, sem necessidade de ser transportado, como anteriormente.

Os cheques correspondem atualmente a 15% do volume de pagamentos feito no país. Para Sergio Odilon dos Anjos, chefe do Departamento de Normas do Banco Central, “é preciso dar mais robustez às regras para que a pessoa que está recebendo o cheque tenha mais segurança e transparência”, pois só em 2010 foram 71 milhões de cheques devolvidos, no valor de 83 bilhões de reais.

Os bancos terão de refazer os contratos com os clientes para estabelecer os critérios para concessão dos talões, entre outros pontos. Precisarão ainda criar um cadastro no qual o comerciante terá informações sobre o cheque que estiver recebendo.

Outra decisão do CMN refere-se a validade das folhas de cheque que não poderá ser maior que seis meses a partir da data de confecção, os cheques impressos há mais tempo poderão ser recusados pelo comerciante. A partir de agora, será obrigatório, que a data de emissão do talão esteja visível na folha de cheque.

A partir de agora os bancos também deverão de ser mais rigorosos na exigência do boletim de ocorrência policial para sustar cheques em caso de furto e extravio. O chefe do Departamento de Normas do Banco Central afirma que ” boletim policial se tornou obrigatório para que a sustação seja definitiva”, o emissor do cheque terá dois dias úteis, após o pedido de sustação, para entregar o boletim de ocorrência. Caso contrário, a compensação poderá ser realizada.

A nova regulamentação obriga as instituições financeiras a informarem ao cliente que teve o cheque devolvido o nome e a agência bancária da pessoa que depositou o cheque. O Banco Central entende que este mecanismo vai possibilitar ao proprietário do cheque sem fundo acertar a dívida e limpar o nome no mercado. Como os cheques muitas vezes passam de mão em mão antes de serem depositados, o emissor tem dificuldade para resgatar o cheque devolvido. Se inscrito no Serasa, tinha que esperar o prazo de cinco anos para ver o nome limpo. Esta medida entra em vigor imediatamente pois não necessita de prazo para implementação.

As instituições financeiras terão o prazo de um ano para se adequar às novas normas.

Abraço, Fabrício Lirio

Até quando Reféns da 1001?

Reféns do Monopólio da 1001

A Auto Viação 1001 é a única empresa de ônibus que atende aos usuários das linhas da Região dos Lagos e Norte Fluminense com destino a Região Metropolitana. E é exatamente este o problema, a falta de competitividade nas linhas intermunicipais.

Em um ambiente de monopólio a empresa se encontra em uma zona de conforto, onde não existe a preocupação em conquistar e fidelizar clientes através de bons serviços, já que estes não possuem o poder de escolha. A falta de competitividade em qualquer ramo do mercado não obriga a empresa a oferecer um serviço ou produto de qualidade. Em relação a Auto Viação 1001, esta tem deixado a desejar em muitos requisitos para alcançar um serviço de qualidade.  Pode-se chegar a esta conclusão através dos dados das operações do DETRO – Departamento de Transportes Rodoviários – no mês de junho deste ano.

Em junho foram realizadas as operações chamadas de ‘Tomahawk’ e ‘Boi Fujão’ pelo DETRO com intuito de fiscalizar as empresas de ônibus com os maiores índice de reclamações e irregularidades registradas.  Nestas operações a Auto Viação 1001 teve 65 apreensões e recebeu 57 multas. Sete veículos da Viação 1001, que já tinham sido apreendidos e multados, foram encontrados circulando. O órgão vem acompanhando por GPS se os veículos apreendidos continuam nas garagens das empresas para os devidos reparos até passarem por nova vistoria e serem liberados para retornar às ruas.

Segundo o DETRO entre as infrações constatadas na empresa estão: falta de conservação, luz de ré queimada, limpador de para-brisa defeituoso, farol apagado, alteração de características, documentação, operação de linha não autorizada, além de descumprimento do quadro de horários. Que tipo de prestação de serviço uma empresa que utiliza ônibus com tais irregularidades esta oferecendo aos seus usuário?

Um serviço de qualidade? – Com descumprimento de horários?

Um serviço com segurança? – Com para-brisa com defeitos?

A empresa 1001 deve lucrar bastante sendo a ínica nesses trechos. Porém enquanto a empresa lucra a população esta submetida à tirania de uma única empresa que utiliza o monopólio como ferramenta para aferir lucros à custa do sacrifício da população. Na verdade enquanto houver este monopólio a população só poderá contar com os orgãos de fiscalização, para garantir que a população receba um serviço de exelência e qualidade.

Condomínio em Campos que já deveria estar pronto ainda nem saiu do papel

A população vem crescendo com o passar dos anos e junto com a população também cresce a demanda por produtos e serviços, como por exemplo, produtos alimentícios, vestuário e moradia.
Assim muitas empresas têm aproveitado esta demanda para crescer, porém algumas empresas não estão atendendo a sua demanda. Mais específicamente estou me referindo ao ramo imobiliário que ultimamente tem acumulado uma grande número de queixas. As reclamações são diversas, contudo a demora na entrega dos imóveis novos é o principal alvo de queixas.
O advogado Marcelo Tapai argumenta que “as construtoras acabaram apostando muito no lançamento e não se preocuparam com a entrega.” Fonte: artigos.com
No estado do Rio de Janeiro o n° de reclamações sobre o setor imobiliário aumentou 198%, de 2007 para 2010, no banco de dados da seção Defesa do Consumidor do Globo. Como exemplo desta situação pode-se citar a obra do condomínio em Campos dos Goytacazes que já deveria estar pronto desde o fim de 2010 e ainda não saiu do papel. No terreno onde o condomínio deveria estar pronto, um conjunto residencial com 39 blocos totalizando 624 apartamentos, há apenas um muro, sem sinal de obra. No site da construtora está um prédio de quatro andares. Os apartamentos de dois a três quatros custam a partir de R$ 84 mil em um bairro de classe média de Campos, interior do estado do Rio. O layout e o preço são atraentes, mas tudo não saiu do projeto.
Jiana de Jesus Pessanha foi uma das pessoas que compraram o apartamento na planta. É óbvio que quem comprou um apartamento neste conjunto residencial e não obteve a chave de sua casa reclama da falta de atenção da construtora (Fonte). Ao todo, 28 reclamações foram parar no Procon de Campos e o caso foi levado ao Ministério Público Estadual. No termo de ajustamento de conduta, a empresa se comprometeu a entregar o condomínio até setembro de 2013, com quase três anos de atraso. Ficou acertado também que quem quiser desistir da compra pode receber tudo o que pagou de volta com correção monetária. A construtora Tenda, responsável pela obra, confirmou por meio de nota que as obras começam em setembro e o prazo para a entrega é de 30 meses, contudo os clientes que preferirem rescindir o contrato, devem entrar em contato com a empresa pelo telefone (21) 3541-9042 para que seja agendado atendimento na forma ajustada com o Procon e com o próprio Ministério Público.
E no local do cojunto residencial ainda resta a esperança das famílias em pegar as chaves dos sonhos o mais rápido possível.

Petrobras abre inscrições para 590 vagas

Petrobras abre inscrições para 590 vagas.

A Petrobras abre nesta terça-feira (12) as inscrições do concurso para 590 vagas em cargos de nível médio e superior. A remuneração mínima inicial varia entre R$ 1.801,37 e R$ 2.615,86, para cargos de nível médio, e entre R$ 5.770,31 e R$ 6.217,19, para cargos de nível superior.

A Petrobras também oferece uma série de benefícios, como previdência complementar, plano de saúde (médico, hospitalar, odontológico, psicológico e benefício farmácia) e benefícios educacionais para dependentes, entre outros.
Do total de 590 vagas oferecidas, distribuídas por todo o país, 442 vagas são para cargos de nível médio (24 cargos) e 148 são para cargos de nível superior (21 cargos).

Os cargos de nível médio/técnico são de inspetor de segurança interna, técnico de administração e controle, técnico de comercialização e logística, técnico de contabilidade, técnico de exploração de petróleo – geodésia e geologia, técnico de informática, técnico de inspeção de equipamentos e instalações, técnico de logística de transporte – controle, técnico de manutenção – caldeiraria, elétrica, eletrônica, instrumentação e mecânica, técnico de operação, técnico de projetos, construção e montagem – elétrica, estruturas navais e mecânica, técnico de segurança, técnico de suprimento de bens e serviços ‐ administração, elétrica e mecânica, técnico de telecomunicações e técnico químico de petróleo.

Os cargos de nível superior são de advogado, analista ambiental – biologia e oceanografia, analista de sistemas – engenharia de software, infraestrutura e processos de negócio, arquiteto, assistente social, contador, dentista, engenheiro de equipamentos – elétrica e eletrônica, engenheiro de geodésia, engenheiro de petróleo, engenheiro de produção, engenheiro naval, estatístico, geofísico – geologia, geólogo, nutricionista e químico de petróleo.
Também serão reservadas vagas para pessoas com deficiência.
As inscrições devem ser feitas de 12 a 31 de julho pelo site www.cesgranrio.org.br. A taxa é de R$ 30 para cargos de nível médio e de R$ 45 para nível superior.

Empresa Brasil, até quando seremos reféns

Reféns do Monopólio da Empresa Brasil

A empresa Brasil tem o monopólio da linha Itaperuna a Campos dos Goytacazes (Via Lage, Miracema, Santo Antônio de Pádua, Aperibé, Itaocara, Portela, Cambuci, Pureza e São Fidélis). São tão notórios e indiscutíveis os desmandos desta empresa que se tornou consenso para a população que o serviço prestado pela Empresa Brasil não é de boa qualidade. Continue lendo “Empresa Brasil, até quando seremos reféns”

Vale a Pena Viajar para o Exterior e Ser Destratado?

Jornalista do GLOBO vai à Suécia cobrir evento sobre Bergman e acaba tendo de ficar nu diante de agentes de imigração.

A abordagem foi seca, interrompendo meu caminho para o corredor de saída:  ??????????????? –  foi o que entendi do que disse, em suéco, o homem uniformizado. Estava no Aeroporto de Arlanda, em Estocolmo, chegando de uma longa viagem que vinha do Rio, com escala em Paris. Cansado e surpreso, não tive presença de espírito para soltar um sorry? Em vez disso, expressei minha incompreensão.

– Ahn??? – English? – Perguntou. Continue lendo “Vale a Pena Viajar para o Exterior e Ser Destratado?”

Repetindo o ciclo

Reciclagem

Para ententermos o que é reciclar é preciso reciclar a idéia que temos de lixo, precisamos enxergá-lo não como uma coisa suja e inútil, mas como oportunidade de reciclagem. Reciclagem: – cria oportunidades gerando rendas, – poupa recursos naturais e – ajuda a presevar o meio ambiente. Reciclar = Re (repetir) + Cycle (ciclo). Na década de 80 quando foi constatado que as fontes de petróleo e outras matérias prima estavam esgotando-se fez surgir no vocábulario internacional a palava Reciclagem. Reciclagem é o processo de conversão do lixo descartado em produto semelhante ao inicial ou outro, significa trazer de volta ao ciclo produtivo o que é jogado fora. O lixo brasileiro é considerado um dos mais ricos do mundo e sua reciclagem é fortemente sustentada pela catação informal. Continue lendo “Repetindo o ciclo”

Nenhum de nós é melhor do que todos nós juntos

Sustentabilidade

Atualmente muitas empresas de diversos países estão  acordando para o fato de que são peças esssenciais para a construção do futuro. Essas estão tomando consciência da necessidade de conciliar a prosperidade econômica e á preservação da vida no planeta.

Porém, esta preocupação não surgiu nos últimos anos. Ainda em meados do século passado, muitas pessoas já compreendiam o poderia acontecer caso a sociedade não se conscientiza-se da importância das precauções ambientais. Continue lendo “Nenhum de nós é melhor do que todos nós juntos”