O movimento Campos Ficha Limpa, nascido em meio à campanha eleitoral deste ano, continua com suas ativi-dades, mesmo após o término das eleições. Ontem, integran-tes do movimento voltaram a recolher assinaturas em vários pontos da cidade. O objetivo, segundo um dos organizado-res, o advogado José Paes Neto, é recolher cinco mil assinaturas que serão levadas à presidente do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), ministra Carmén Lúcia, em data ainda a ser definida.
As atividades de ontem fo-ram realizadas por um grupo de universitários que recolheu assinaturas no Calçadão, rodoviária Roberto Silveira e Terminal Urbano. José Paes Neto diz que a resposta nas ruas tem sido bastante positiva.
— A resposta está sendo muito boa, pois as pessoas estão se atentando para aspectos da eleição que antes passavam desapercebidos — garante.
Além da questão eleitoral – em função de dois candidatos de Campos terem participado com registro indeferido, o movimento Campos Ficha Limpa promete, também, atuar na fiscalização do Executivo e Legislativo municipal.
— O objetivo maior será fiscalizar as ações do Legislativo e do Executivo. Esse último, principalmente no que diz respeito às licitações. Vamos obter cópia de todos os proces-sos licitatórios e já estamos organizando equipes técnicas para analisá-los. Além disso, sempre que necessário, serão ajuizadas ações questionan-do eventuais ilegalidades. E vamos cobrar, também, o Mi-nistério Público Estadual pa-ra ter uma atuação mais combativa — afirma José Paes Neto.
Além das assinaturas pre-senciais em postos espalhados em diversos pontos da cidade de Campos,  existe também uma petição eletrônica, onde a população interessada pode participar, no endereço eletrônico: www.avaaz.org.

 

Fonte: Folha da Manhã

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *