Movimento “Justiça para quem produz”, em defesa dos royalties do petróleo.

Hoje esta sendo realizado um movimento “Justiça para quem produz”, em defesa dos royalties do petróleo, desde 16h, na praça do Santíssimo Salvador. Diversas categorias da sociedade civil já se mobilizaram em apoio ao ato público. O comércio no Centro foi fechado duas horas antes e os servidores públicos municipais serão. Mais dois movimentos estão previstas para os próximos dias no Rio.

Ainda hoje, o governador em exercício do Estado do Rio, Luiz Fernando Pezão, esta em Macaé para participar, de um encontro com o prefeito da cidade e presidente da Organização dos Municípios Produtores de Petróleo (Ompetro), Riverton Mussi, e demais integrantes da entidade, quando será novamente discutida a distribuição dos royalties.

Dia 5 de outubro, o Congresso Nacional discute o veto do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva à Emenda Ibsen, que redistribui os royalties de forma igualitária para todos os estados e municípios brasileiros. O governo de Campos vai entrar com um mandado de segurança com pedido de liminar no Supremo Tribunal Federal (STF) e uma ação ordinária na Justiça Federal, em primeira instância, para garantir na Justiça os recursos para os municípios produtores.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *