A Mesa Diretora da Câmara Municipal de Campos questionou, através de nota divulgada em seu site nesta quarta-feira(19), a prisão temporária dos vereadores Ozeias Martins(PSDB) e Miguel Ribeiro, o Miguelito(PSL), suspeitos de fraudar o programa municipal Cheque Cidadão para a obtenção de votos.

As prisões foram feitas pela Polícia Federal após mandados judiciais de prisão temporária expedidos pelo juiz Ralph Manhães. Caso não aconteça decisão que derrube a decisão de primeira instância,  Miguelito e Ozéias ficarão presos por cinco dias. Eles foram encaminhados para o presídio da cidade.

CONFIRA ABAIXO A NOTA DA CÂMARA:
nota 19nota 19 2

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *