.

O governador Sérgio Cabral se reúne com parlamentates e prefeitos, na manhã desta segunda-feira, no Palácio Guanabara, para preparar a manifestação “Contra a Injustiça – Em Defesa do Rio”, que será realizada no dia 10, na Cinelânida. Também vão participar representantes do Tribunal de Justiça e presidentes de entidades da sociedade civil. O ato público, que deverá reunir 150 mil pessoas, é um protesto contra a inconstitucionalidade da nova distribuição dos royalties de campos já licitados.

A concentração será a partir das 15h, na Candelária. A caminhada seguirá pela Av. Rio Branco até a Cinelândia, onde artistas vão se apresentar e convocar a população a defender os direitos garantidos pela Constituição ao Rio de Janeiro no recebimento dos royalties. Até quinta-feira, grandes faixas vão chamar a atenção das pessoas em mais de 20 pontos do Rio e de Niterói. Os clubes de futebol do Rio também estão engajados, assim como pensionistas e aposentados do Estado do Rio, que serão muito prejudicados caso a redivisão dos royalties entre em vigor. Por isso, eles terão um espaço especial para se manifestarem: cino mil aposentados e pensionistas ficarão bem em frente ao palco.

A Organização dos Municípios Produtores de Petróleo (Ompetro) está mobilizando caravanas do interior para a manifestação de quinta-feira.  VISITE SEMPRE: http://fabriciolirio.com.br/     Fonte: Folha da Manhã

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *