Após um mês de greve, as agências bancárias reabrem as portas nesta sexta-feira (7). As negociações entre bancários e a Federação Brasileira de Bancos (Febraban) avançaram, e a decisão pelo fim da paralisação foi divulgada após assembléia realizada no final da tarde desta quinta-feira (6).

Essa foi a maior paralisação da categoria desde 2004, segundo a Confederação Nacional dos Trabalhadores do Ramo Financeiro (Contraf-CUT). No Norte Fluminense, 85% das agências permaneceram fechadas, com cerca de 900 funcionários parados.

A Federação Nacional dos Bancos (Fenaban) informou nesta quinta-feira que ofereceu aos bancários em greve reajuste de 8% em 2016 e abono de R$ 3.500. A proposta também inclui aumento de 10% no vale-refeição e no auxílio-creche-babá e de 15% no vale alimentação. Os bancos também se comprometeram a garantir aumento real de 1% em todos os salários e demais verbas.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *