Os planos de saúde passam a ter prazo máximo de 21 dias para fazer todos os procedimentos.

Começam a valer, a partir de hoje (19), as novas regras da Agência Nacional de Saúde (ANS) para marcação de consultas, exames e cirurgias. Os planos de saúde passam a ter prazo máximo de 21 dias para fazer todos os procedimentos.Confira os prazos máximos para cada caso.

PRAZOS DE ATENDIMENTO DEFINIDOS PELA ANS

Serviço

Prazo máximo

  • Pediatria, clínica médica, cirurgia geral, ginecologia e obstetrícia
7 dias
  • Consultas nas demais especialidades médicas
14 dias
  • Consulta com fonoaudiólgo
10 dias
  • Consulta com nutricionista
10 dias
  • Consulta com psicólogo
10 dias
  • Consulta com terapeuta ocupacional
10 dias
  • Consulta com fisioterapeutas
10 dias
  • Consultas e procedimentos realizados em consultórios ou clínicas com cirurgião-dentista
7 dias
  • Diagnóstico em laboratório de análises clínicas em regime ambulatorial
3 dias
  • Demais serviços de diagnóstico em regime ambulatorial
10 dias
  • Procedimentos complexos
21 dias
  • Atendimento em regime de hospital
10 dias
  • Atendimento em regime de internação eletiva
21 dias
  • Urgência e emergência
Imediato
  • Consulta de retorno
A critério do profissional de saúde

Em caso de descumprimento da norma pela operadora, a orientação é procurar a ANS para uma reclamação. É preciso apresentar o protocolo de atendimento que ateste ter havido contato com a operadora.

Há ainda previsão de multa de R$ 80 mil para a operadora que desrespeitar os prazos, conforme a assessoria da ANS.

Outras penalidades previstas para as operadoras vão da suspensão da comercialização de parte ou de todos os produtos oferecidos ao afastamento dos dirigentes da empresa.

O consumidor pode registrar sua reclamação em caso de falta de atendimento pelo telefone 0800 701 9656, das 8h às 20h, de segunda a sexta ou pela página da ANS na internet.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *