O Hospital Escola Álvaro Alvim (HEAA) recebeu a aprovação da Vigilância Sanitária Estadual, nesta quarta-feira (27), para dar início às atividades da Agência Transfusional Regional. A informação é do administrador geral da unidade, Flávio Hoelzle. A Licença de Funcionamento será publicada no Diário Oficial do Estado nos próximos dias.

– Seremos o primeiro hospital filantrópico da região, que presta serviços ao SUS, a conquistar esta autorização. Teremos muito mais facilidade para realizar cirurgias de alta complexidade, pois, muitas vezes, essas cirurgias necessitam de sangue. A prefeitura autoriza as cirurgias, mas nem sempre são possíveis de serem realizadas pela falta de sangue. Com isso, evita-se que os procedimentos sejam cancelados – pontuou Flávio.

Ele acrescentou que o hematologista do hospital, João Tadeu Damian Filho, participou de reunião na Secretaria Estadual de Saúde, na capital fluminense, nesta quarta-feira, onde confirmou a autorização para o funcionamento. No início deste mês de julho, técnicos da Vigilância Sanitária Estadual realizaram visita técnica no HEAA para finalizar os trâmites. O hematologista será o coordenador da Agência.

O secretário de Saúde, Geraldo Venâncio, informou que as Agências Transfusionais realizam transfusões sob a retaguarda de uma unidade de maior complexidade, que, no caso de Campos, é o Hemocentro Regional. Segundo ele, as atribuições da Unidade são: realizar transfusões, com exames imunohematológicos do receptor; realizar prova de compatibilidade; e realizar o ato transfusional de sangue e hemocomponentes autólogos e homólogos.

– Além disso, verificar se os produtos utilizados estão dentro das normas vigentes; realizar a manutenção dos registros de todas as etapas das atividades, enfim. Ela vai fazer a ligação entre o Hemocentro e os hospitais. Vai ser um ganho para nossa cidade e para nossos pacientes do SUS – disse o secretário.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *