Ao todo foram selecionadas pela feira quatro escolas, sendo três da rede municipal e uma da rede estadual

Alunos e professores das escolas de Campos que tiveram seus projetos selecionados entre os melhores na V Feira Municipal de Ciência, Tecnologia e Inovação participaram na manhã desta terça-feira (21) da premiação na sede da Secretaria municipal de Educação, Cultura e Esporte (Smece). Os vencedores conquistaram o direito de participar — com passagem, hospedagem e alimentação gratuita — da feira estadual, que acontece na cidade do Rio de Janeiro, no Cefet/campus Maracanã, neste sábado (25) e domingo (26). 

— Muitos têm oportunidade, mas poucos sabem aproveitá-las e estes alunos souberam. A ciência é transformadora, nos instiga a sempre melhorar. Espero que eles levem esta experiência para vida e se aprimorem sempre mais — ressalta a coordenadora de Ciências da Smece, Carla Salles, destacando que entre os critérios utilizados na avaliação dos projetos se destacam: a inovação, a criatividade, a metodologia e a clareza.

Ao todo, foram selecionadas pela feira municipal quatro escolas (número limite, de acordo com o regulamento), sendo três da rede municipal e uma da rede estadual. Foram elas: E.M. Cláudia Almeida Pinto de Oliveira, do Farol de São Tomé; E.M. Dr. Getúlio Vargas, de Tócos; E.M. Eloy Ornelas, de Vila Nova; a Escola Técnica Estadual Agrícola Antônio Sarlo; Entretanto, outra unidade estadual, o Ciep Nilo Peçanha, teve dois de seus projetos selecionados de forma independente.

Os trabalhos apresentados foram, respectivamente: “A contribuição da energia eólica para o desenvolvimento sustentável: em foco o Farol de São Thomé”; “Simulador de Tornados: um modelo para compreender”; “Purificação da água por eletrofloculação”; “Levantamento dos custos de produção no processamento de banana desidratada na agroindústria familiar”. O Ciep Nilo Peçanha disputará os trabalhos: “Promoção da MONGUBA como fonte nutricional” e “Extraindo essências com materiais de baixo custo”.

Entre os alunos que tiveram projetos selecionados está Cristian Martins, da E.M. Dr. Getúlio Vargas, o primeiro estudante do Brasil a nomear um asteroide. “Participar da feira estadual é uma grande oportunidade. Nos impulsiona a querer ir cada vez mais longe, com mais interesse pela pesquisa”, confessa.

Fonte: Campos24hrs

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *