A jovem de 16 anos disse em depoimento à polícia que foi ao encontro de Lucas na comunidade.

O advogado do jogador de Futebol Lucas Perdomo Duarte Santos , de 20 anos, um dos suspeitos de envolvimento no caso e estrupro coletivo de uma jovem de 16 anos que tiveram a prisão decretada pela justiça, disse que seu cliente se apresentará aos polícias da Delegacia da Criança e Adolescente Vítima (DCAV) ainda nesta segunda dia 30/05.

“Mesmo que ele fique preso , irá a delegacia . A gente sabe que ele está falando a verdade , vou estudar o pedido de prisão , já que o crime de estrupro de vulnerável e inafiançável , ou seja , o suspeito não pode ser solto mediante pagamento de fiança .

Lucas é jogador do Boavista , time de Saquarema , na Região dos Lagos.

Antunes reiterou a versão de Lucas sobre o que acontece na madrugada de 21 de maio , um sábado , no local conhecido como Morro do Barão, na zona oeste  do Rio , onde aconteceu o crime .

A jovem de 16 anos disse em depoimento a polícia que foi ao encontro de Lucas  na comunidade e que só se lembra de ter acordado no dia seguinte , domingo (22) em uma casa desconhecida , cercada de homens armados que a estruparam .

O advogado de Lucas sustenta que o jogador , naquela noite , teve relações com outra garota e que amigo de Raí de Souza ficou com a jovem que diz ter sido estrupada, Segundo o jogador , a jovem não quis acompanhá-los quando eles foram embora e ficou na casa . Lucas diz não saber o que aconteceu depois

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *