Criança de seis anos e mulher ainda não identificadas morreram.
Segundo os bombeiros, 14 ficaram feridos; equipes estavam no local.

van1_s

 

Um acidente com uma van na Estrada dos Bandeirantes, na Taquara, Zona Oeste do Rio, matou Cauê Santos, de seis anos, Aurélia Nogueira da Silva, de 52 anos, e deixou 14 feridos na manhã desta segunda-feira (20).

Vanessa Rozendo, auxiliar de produção, era prima de Aurélia Nogueira. Segundo ela, a vítima deixou dois filhos e uma filha. No momento do acidente, Aurélia estava acompanhada de uma neta, menor de idade, que teria sido levada para o Hospital Miguel Couto, na Zona Sul. “Ela tinha ido visitar um dos filhos, que tem uma barraca na praia do Recreio”, contou ela.

Segundo parentes das outras vítimas, a viagem na van foi uma “lotada”, negociada no ato do embarque com os passageiros. “Essas vans piratas que não respeitam, circulando com gente em pé”, disse um dos familiares, que não quis se identificar.

Fábio Duarte, um dos feridos no acidente, disse que o veículo capotou e que o motorista fazia manobras arriscadas. “Eu lembro que de repente a gente começou a capotar. O motorista estava dirigindo rápido e jogava na hora de mudar pra pista da esquerda”, disse ele, que ficou levemente ferido nos bracos e pernas.

Feridos
Os feridos foram levados para o Hospital Lourenço Jorge, na Barra da Tijuca, referência em trauma na região, e para o Miguel Couto, na Gávea, Zona Sul do Rio. O acidente foi registrado na 32ª DP (Taquara) para onde o motorista foi levado.

Maria C. da Silva, Janaina P. Souza, de 30 anos, Fabio D. Teixeira, de 39 anos, Silvania A. Duarte, de 27 anos, Marco A. Souza, de 36 anos, e um menor de cinco anos foram levados para o Lourenço Jorge.

Simone P. Silva, de 43 anos, Luis Felipe, de 25 anos, Ronicléia, de 25 anos, Josiane Barbosa, de 23 anos, Claudia Santos, de 28 anos, Márcia A. Cunha, de 42 anos e uma menor de seis anos foram levados para o Hospital Miguel Couto.

A linha oficial do veículo era Marechal- São Cristóvão, mas a van estava fazendo o trajeto Mercadão de Madureira – Taquara – Recreio.

O veículo capotou por volta das 10h30 na Estrada dos Bandeirantes, próximo ao mercado de Jacarepaguá, altura do número 2020, pista sentido Recreio, em Curicica, na Zona Oeste do Rio. De acordo com os bombeiros, os quartéis de Jacarepaguá e de outro bairros faziam os primeiros atendimentos por volta das 11h.

O bloqueio estava próximo da Rua Elísio de Araújo, segundo o Centro de Operações Rio. Os motoristas enfrentavam retenção na via.

O trânsito estava lento na região por conta da movimentação de ambulâncias e do acidente, que ocupava uma faixa da via por volta das 11h30. Pouco antes das 14h, a faixa foi liberada.

Van não poderia estar circulando e motorista não tem CNH
A respeito do acidente, a Coordenadoria Especial de Transporte Complementar (CETC) esclareceu que, pela numeração, o veículo pertence ao antigo Transporte Especial Complementar (TEC) e, portanto, não poderia estar circulando naquela região.

Desde novembro de 2013 apenas as 392 vans que compõem as 18 linhas da região da AP4 ( Barra da Tijuca, Recreio dos Bandeirantes e Jacarepaguá) podem circular no local. Assim que for identificado o motorista será convocado a comparecer à sede da coordenadoria para dar explicações. A CETC vai também enviar um ofício à Secretaria Municipal de Transportes da Prefeitura pedindo a cassação da licença desse motorista, que, segundo a coordenadoria, não era o permissionário da van e sequer possui habilitação para dirigir.

Desde o começo da manhã desta segunda (20), a coordenadoria vem fazendo operações de fiscalização em Barra de Guaratiba e na região de Rio das Pedras. Até a publicação desta matéria, cinco veículos haviam sido removidos e outros três lacrados.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *