.

O Centro Estadual de Vigilância em Saúde do Rio Grande do Sul informou que foram recebidas 22 notificações de reações adversas provocadas pelo achocolatado Toddynho no estado até esta segunda-feira (3). A Secretaria de Saúde do RS recomenda que a população não consuma o produto até o resultado das análises nos lotes em que há problema.

Segundo a secretaria, foram informadas ocorrências em 10 municípios: Porto Alegre (6 casos), Gravataí (6 casos), Erechim (2 casos), Caxias do Sul (2 casos), Canoas (1 caso), São Leopoldo (1 caso), Rio Pardo (1 caso), Taquari (1 caso), Cachoeirinha (1 caso) e Passo Fundo (1 caso). Inicialmente, apenas quatro casos haviam sido notificados. Entre as reações estão ardência e lesões nas mucosas da boca.

A detentora da marca Toddynho, Pepsico, informou que os lotes com problemas foram retirados de circulação e que tomou conhecimento de alteração na qualidade de cerca de 80 unidades de 200 ml de Toddynho Original, comercializadas na região metropolitana de Porto Alegre.

Até o momento, a secretaria informou que as mesmas amostras com data de validade 19/02/2012 estão sendo analisadas pelo laboratório central do estado. Os primeiros resultados indicaram um pH de 13,3, alcalino, considerado um índice muito alto para um alimento. Como os casos informados referem-se a outros lotes, novas amostras estão sendo recolhidas e encaminhadas para análise.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *