A população continua indo de frota antiga

Prefeitura de Campos recorre no TJ para voltar a fiscalizar os ônibus

Nesta quarta-feira (06 de julho) deve ser julgado pelo Tribunal de Justiça do Estado do Rio (TJ-RJ) o agravo regimental interposto pela Prefeitura de Campos para destituir a liminar concedida ao Sindicato das Empresas de Transporte de Passageiros de Campos (SETRANSPAS), que suspendeu temporariamente a fiscalização dos ônibus com mais de sete anos de vida útil.

Ação busca revogar a liminar que derrubou temporariamente o Decreto 016/2011 e 213/2011, expedido pela Prefeita de Campos, Rosinha Garotinho, em 31 de fevereiro deste ano, estabelecendo até 31 de maio de 2011 para as empresas municipais de ônibus renovassem sua frota e proibindo a circulação de ônibus com idade acima de sete anos.

Geraldo Pudim, Secretário de Governo de Campos, reafirmou a posição do Governo Municipal “pela manutenção do Decreto para que a população venha a ser beneficiada com ônibus contanto com tudo aquilo que é exigido pela Prefeita Rosinha Garotinho, que são segurança, conforto e regularidade nos horários, sendo que o complemento dos quatro pilares da proposta de governo para o transporte municipal, a Prefeita já oferece a população, que é o preço justo, através do subsidio aos usuários, o que possibilitou uma acréscimo de 1,5 de passageiros neste período, elevando para quase 3 milhões de usuários do transporte coletivo na cidade”.

Anseio, assim como a população do nosso município, que as linhas municipais sejam renovadas e fiscalizadas. Porém desejamos que a fiscalização realmente ocorra e que seja diferente das realizadas pela EMUT que mesmo antes da limiar conseguido pela SETRNSPAS já fazia corpo mole na fiscalização das frotas que circulam em nossa cidade.

É notório e indiscutível que a maioria da população depende deste meio de transporte para seus afazeres diários. Por isto é lamentável o que algumas empresas de ônibus de Campos fazem com a população. Ao invés de prestar um serviço de qualidade aos seus clientes, demonstram tamanha falta de consideração com seus passageiros prestando serviços de péssima qualidade.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *