Prefeitura de Campos e o Governo do Estado do Rio de Janeiro através de um convenio firmado hoje (13/04/2012) disponibilizará tratamento de fertilidade gratuito para todos os municípios do Estado do Rio de Janeiro, no Hospital Escola Alvaro Alvim na Clínica de Infertilidade que tem o Médico Dr. Francisco Colucci como referencia internacional no método de infertilização in Vitro.

 

A clínica de infertilização  ao alcance de todos, agora a população de Campos vai ter acesso ao tratamento desse médico tão conceituado, que mais do que nunca está diretamente ligado ao Estado do Rio de Janeiro, um convenio que com certeza terá muito sucesso.

Porém, o que parecia impossível para muitos casais pode tornar-se realidade. O Dr. Francisco Colucci do Centro de Infertilidade e Medicina Fetal de Campos dos Goytacazes (CIMF), em convênio com a Prefeitura Municipal, criou  o procedimento gratuito de fertilização in vitro.

Campos, norte do RJ, referência em Programa de Fertilização.

O programa é o primeiro do país custeado por verbas exclusivas da saúde por meio da Gestão Plena de Saúde, através do convênio da Prefeitura de Campos, por meio da Secretaria de Educação, com o Hospital Escola Álvaro Alvim, onde funciona o CIMF. Por esse programa, a cidade de Campos se tornou referência no assunto. De acordo com o coordenador do Setor de Reprodução Humana e Medicina Fetal do CIMF, Dr. Francisco Colucci, especialista de diferentes países e cidades brasileiras e casais com dificuldades para ter filhos buscam diariamente o CIMF, almejando informações a respeito do modelo municipal de tratamento de infertilidade, referência inclusive para os países europeus.

“Casais de várias cidades do país, principalmente da cidade do Rio de Janeiro, ligam diariamente para o Centro a fim de obter detalhes de como participar do programa. O principal motivo é a técnica desenvolvida no Centro de Infertilidade e Medicina Fetal da cidade, diferente das habitualmente conhecidas”, aponta Dr. Francisco Colucci. Ele explica que o método não necessita de laboratório, é mais simples, mais barato e com resultados idênticos ao tratamento convencional. É chamado de Fertilização In Vitro Humanizada, ou INVO, sigla em inglês que significa dispositivo de cultivo intravaginal.

Dr. Francisco Colucci esclarece que, neste novo método, os óvulos e espermatozoides são introduzidos na paciente através de uma cápsula, denominada INVO, permitindo que a mulher se recupere em casa. “Após três dias, esta cápsula é retirada da paciente após o processo de fecundação. Este novo procedimento evita a ansiedade por parte da mulher, sendo também indolor. Esta é uma revolução na área”, ressalta o coordenador.

As experiências com este novo procedimento começaram em dezembro de 2010 e têm superado as expectativas da equipe. Dezenas de casais já se submeteram ao tratamento, grande parte com saldos positivos. No final do mês de agosto, nasceu o primeiro bebê, oriundo de uma fertilização humanizada.

Triagem para atender a todos

Para ser atendida no programa e realizar a fertilização in vitro gratuitamente, é primordial que a mulher realize seus exames pela rede pública de saúde. Com base nos resultados, o casal receberá um encaminhamento para o Centro de Infertilidade, onde novos exames serão realizados para maiores detalhes no diagnóstico.

Dr. Francisco Colucci ainda destaca que, nesse processo, é imprescindível que o casal também seja atendido por um psicólogo, diagnosticando possíveis quadros de ansiedade extrema, o que é prejudicial ao tratamento. E além dos exames e do atendimento pela equipe médica, a paciente, de preferência, deve morar em Campos, conforme afirma o coordenador.

“Critérios de prioridade também são utilizados na triagem. Entre eles estar na fila de espera há mais tempo, não ter filhos e idade mais avançada”, enumera o Dr. Colucci. Na fertilização in vitro, as  chances de engravidar por tentativa é de 30%, um valor considerado alto pelos especialistas. Vale lembrar que, na rede particular, o custo médio de um tratamento convencional custa em torno de R$ 12 mil, já incluindo os medicamentos.

Programas assim realizam o sonho de muitos casais de gerar um filho, vê-lo andar, sorrir, falar, protegendo-o com seu amor e carinho.

Parebéns Dr. Francisco Colucci por mais essa grande Vitória !

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *