Copa Campos de Frescobol dia 25 no Jardim São Benedito

 

Fazendo parte da programação oficial preparada pela prefeitura para marcar os 177 anos de elevação de vila à cidade, que transcorrerá no dia 28 de março, a Associação Norte Fluminense de Frescobol (ANOFF), por intermédio da Fundação Municipal de Esportes, estará realizando a Copa Campos de Frescobol, no dia 25 de março, a partir das 8h, no Jardim São Benedito, na quadra de areia.

O encontro da modalidade esportiva reunirá atletas do Rio de Janeiro (Flamengo, Copacabana e Arpoador), Macaé, Espírito Santo (Vitória e Guarapari), assim como os que praticam o frescobol em Campos e São João da Barra. A parte de arbitragem terá representantes da Associação de Frescobol de Macaé e da Federação de Frescobol do Rio de Janeiro. Serão disputadas três categorias: a Mista Profissional, a Masculina Profissional e a de Iniciantes e como é o único esporte que não incrementa a competição e sim a cooperação, onde o atleta é parceiro do outro, o clima será harmonioso entre os praticantes.

O presidente da Associação Norte Fluminense de Frescobol, Jorge Mothé Filho, afirma que nesta copa, cuja arena para a prática entre os participantes, será disponibilizada desde o sábado (24) e reunirá atletas de ponta: “Teremos as presenças do Cacáu GP que é tricampeão brasileiro, a Sílvia Lúcia, campeã brasileira, os dois da cidade do Rio de Janeiro e ainda a boliviana Pillar, representando a cidade de Macaé. Vamos ter como premiação , um total de R$ 2.500,00 além de camisa e troféu. Será um evento que envolverá toda a família e ainda terá o cunho de marcar o aniversário da cidade”, disse Mothé.

Fonte: Prefeitura de Campos

Time Infantil do Torneio de Futebol Beneficente do Lions Club de Campos – SAFA

 

 

O Time Infantil do Santo Amaro, apelidado de Safa jogou neste domingo (18 de março)  no torneio Beneficente do Lions Club de Campos, ganhando do  time do Eucarístico de 2 X 0, o time bem treinado pelo Yuri mostrou que não estão de brincadeira e que são determinados apesar da pouca idade. A determinação é tanta que não deixou o pequeno Fabrício Martins de fora da brincadeira, mesmo com o braço engessado.

Sucesso ao Time !

Futebol No Saldanha

Foi um sucesso !!

o jogo foi no sistema de mata mata e a final é amanhã 18-03 apartir das 08:00 hs

 

JOFAN DISTRIBUIDORA 2 X 1 RADIO TAXI

ACAB 5 X 0 TOP INFORMÁTICA

J.CONTABILIDADE  (CLASSIFICADA) WO

MECÂNICA DA HORA 12 X 0 IGREJA IMEP

VERDÃO 7 X 1 RENATO ROSCA

BANANADA CAMPISTA  (CLASSIFICADA) WO

IGREJA PLENITUDE 2 X 0 G.R. SANTO AMARO

SÃO VICENTE 6 X 0 ITAIPAVA

 

JOGO DE  AMANHÃ :

DA HORA     X     VERDÃO

SÃO VICENTE    X    ACAB

JOFAN   X   PLENITUDE

J. CONTABILIDADE   X   BANANADA CAMPISTA

 

Argentinos que querem pedalar até o Alaska passam por Campos

Eles andam de bicicleta sete horas por dia, e param nas escolas para falar sobre a importância do veículo para a sustentabilidade do planeta.

Dois ciclistas argentinos estão passando por um desafio e tanto: pedalar da terra natal, no sul do continente, até o Alaska, no extremo norte. A dupla chegou a Campos dos Goytacazes nesta quarta-feira (7), falou com a imprensa e fez questão de visitar escolas da cidade para falar com estudantes sobre a importância do uso da bicicleta para a sustentabilidade do planeta.

Gustavo Memítz, de 29 anos, e Santiago Sarmento,de 34, são ciclistas amadores. Eles fizeram um treinamento especial com um ano de duração para suportar a viagem, que pode durar até dois anos e meio. Eles saíram da Argentina no dia 15 de outubro, foram até Ushuaia, no extremo sul da América do Sul, e estão subindo pela costa do Brasil. Ao todo, serão 60 mil Km de estrada.

Os ciclistas fazem uma média de sete horas de pedaladas por dia, percorrendo cerca de 100 Km de distância diariamente. Não existe um planejamento muito rigoroso das cidades e dos locais em que eles vão dormir. Eles param quando ficam cansados e conversam com a população local para saber onde podem descansar. Os locais mais comuns onde eles dormem são igrejas, quartéis do Corpo de Bombeiros e algumas casas que cedem espaço. Depois de Campos, os ciclistas vão para São Francisco de Itabapoana.

Brasil conquista pela 1° vez uma competição multidesportiva fora do país

.

Parapan 2011:

O presidente do Comitê Paraolímpico Brasileiro (CPB), Andrew Parsons, definiu a participação brasileira na quarta edição dos Jogos Parapan-Americanos com a frase “Cumprimos a nossa missão em Guadalajara.

E ele tem toda razão pois essa é a primeira vez que o Brasil vence uma competição multidesportiva fora do país. Das 13 modalidades, medalhamos em 12 e ganhamos ouros em nove delas.

O Brasil repetiu o primeiro lugar no quadro geral de medalhas conquistado no Rio de Janeiro, há quatro anos com 81 medalhas de ouro, 61 de prata e 55 de bronze.

Segundo o presidente do CPB, o país trouxe uma delegação menor para o México e estrategicamente algumas provas não foram abertas. Mesmo assim, nossos resultados foram melhores do que a última edição do Parapan.

Os brasileiros bateram vários recordes em Guadalajara:  – No masculino foram nove quebras de recordes americanos, 37 parapan-americanos e dois mundiais.  – No feminino foram três recordes americanos e 17 parapan-americanos. Um total de 68 recordes, contra 51 conquistados por brasileiros no Rio em 2007.Nossos atletas também ampliaram o número de vagas nas próximas Paraolimpíadas garantindo a 104 vagas para Londres 2012. Após o Rio 2007, tínhamos 80.

Não posso deixar de parabenizar aos nossos atletas que com suor de meses e meses de treinos e mais treinos e muita dedicação encheram o Brasil de medalhas e orgulho. Estas são pessoas nas quais deveríamos nos espelhar, tomando-os como exemplo de força, coragem e determinação, pois mesmo apesar das limitações acreditaram em seus sonhos e lutaram por eles. Não ficaram pelos cantos com murmurações e lamentos. Vamos aprender a dar valor ao que temos e fazer como eles prosseguir sempre rumo a conquista.

Ministro Interino do Esporte visitá Campos amanhã (07)

.

Campos pode entrar na rota dos grandes eventos esportivos nas Olimpíadas de 2016, que acontecerão no Brasil. Entusiasmado com os recursos hídricos do município (como Lagoa de Cima e o Rio Paraíba do Sul), o secretário executivo do Ministério do Esporte, e ministro em exercício, Waldemar Manoel Silva de Souza, recebeu a Prefeita Rosinha Garotinho em seu gabinete, em Brasília, na tarde desta quarta-feira (05). Na oportunidade, ele anunciou que Campos amanhã (07).  Às 11h, estará no Cais da Lapa, para conhecer a centenária modalidade esportiva de Campos, que é o remo. O ministro Orlando Silva está em viagem internacional.

Na ocasião, haverá uma competição entre os clubes locais, como a Associação de Remo Rema Campos e o Clube de Regatas Campista, que disputarão várias modalidades do esporte, na organização da Liga Náutica de Campos e da Fundação Municipal de Esportes. A expectativa é de que ele, também, conheça Lagoa de Cima, uma das belas paisagens de Campos, muito usado para a prática de esportes náuticos.

Durante a visita do ministro em exercício, declarou que será entregue à Liga Náutica de Campos três barcos conversíveis adquiridos pela prefeitura, no valor de R$56 mil. A prefeitura mantem negociações avançadas visando parcerias para a construção em Campos um Centro de Treinamento de Remo e um velódromo (pista coberta de ciclismo).

Lei Geral autoriza decretação de feriado em jogos da Copa de 2014

Medida foi incluída na Lei da Copa, enviada ao Congresso no dia 19/09.

O projeto que cria a Lei Geral da Copa, autoriza que o governo federal, estados e municípios decretem feriado em dia de quaisquer jogos da Copa de 2014 no Brasil. “A União, os Estados, o Distrito Federal e os Municípios que sediarão os eventos poderão declarar feriados os dias de sua ocorrência em seu território”, diz o artigo 41 da lei. O texto do projeto foi disponibilizado no site da Casa Civil.

A Lei Geral da Copa traz um conjunto de medidas exigidas pela Federação Internacional de Futebol (Fifa) para a realização da competição no Brasil. A legislação inclui normas desde delegar à Fifa a definição do valor dos ingressos até a proteção das marcas de patrocinadores no país. De acordo com o texto, “reproduzir, imitar ou falsificar indevidamente quaisquer símbolos oficiais de titularidade da Fifa” resultará em pena de detenção de três meses a um ano ou multa.

No projeto está incluída uma exigência da Fifa de proibir qualquer tipo de comércio não autorizado no arredor dos estádios. “A União colaborará com Estados, Distrito Federal e Municípios que sediarão os Eventos e com as demais autoridades competentes para assegurar à Fifa e às pessoas por ela indicadas a autorização para, com exclusividade, divulgar suas marcas, distribuir, vender, dar publicidade ou realizar propaganda de produtos e serviços, bem como outras atividades promocionais ou de comércio de rua, nos Locais Oficiais de Competição”, diz o texto.   VISITE SEMPRE: http://fabriciolirio.com.br/