2º lote do IR tem 1,6 milhão de pessoas; consultas abrem nesta 6ª

O segundo lote do Imposto de Renda Pessoa Física (IRPF) 2011, ano-base 2010, contempla 1,64 milhão de contribuintes e pagará R$ 1,9 bilhão em restituições, segundo informações divulgadas nesta quinta-feira (7) pela Secretaria da Receita Federal.

As consultas serão abertas nesta sexta-feira (8), a partir das 9h, por meio do site da Receita na internet, ou pelo telefone 146. Os valores das restituições, por sua vez, poderão ser sacados a partir do dia 15 de julho. Ao todo, são sete lotes de restituição, entre junho e dezembro de cada ano.

No primeiro lote do IR deste ano, pago em meados de junho, 1,5 milhão de contribuintes foram contemplados. O valor do pagamento foi de R$ 1,9 bilhão. Por conta do Estatuto do Idoso, o primeiro lote contemplou, principalmente, pessoas com mais de 60 anos (1,3 milhão de idosos).

A ordem de recebimento das restituições do Imposto de Renda tem por base, além do Estatuto do Idoso, a data de entrega da declaração de ajuste anual. Quem enviou o documento primeiro, sem erros ou omissões, recebe a restituição mais cedo. Neste ano, o prazo foi do início de março até o final de abril. Mais de 24 milhões de pessoas enviaram a declaração em 2011.

A população continua indo de frota antiga

Prefeitura de Campos recorre no TJ para voltar a fiscalizar os ônibus

Nesta quarta-feira (06 de julho) deve ser julgado pelo Tribunal de Justiça do Estado do Rio (TJ-RJ) o agravo regimental interposto pela Prefeitura de Campos para destituir a liminar concedida ao Sindicato das Empresas de Transporte de Passageiros de Campos (SETRANSPAS), que suspendeu temporariamente a fiscalização dos ônibus com mais de sete anos de vida útil.

Ação busca revogar a liminar que derrubou temporariamente o Decreto 016/2011 e 213/2011, expedido pela Prefeita de Campos, Rosinha Garotinho, em 31 de fevereiro deste ano, estabelecendo até 31 de maio de 2011 para as empresas municipais de ônibus renovassem sua frota e proibindo a circulação de ônibus com idade acima de sete anos.

Geraldo Pudim, Secretário de Governo de Campos, reafirmou a posição do Governo Municipal “pela manutenção do Decreto para que a população venha a ser beneficiada com ônibus contanto com tudo aquilo que é exigido pela Prefeita Rosinha Garotinho, que são segurança, conforto e regularidade nos horários, sendo que o complemento dos quatro pilares da proposta de governo para o transporte municipal, a Prefeita já oferece a população, que é o preço justo, através do subsidio aos usuários, o que possibilitou uma acréscimo de 1,5 de passageiros neste período, elevando para quase 3 milhões de usuários do transporte coletivo na cidade”.

Anseio, assim como a população do nosso município, que as linhas municipais sejam renovadas e fiscalizadas. Porém desejamos que a fiscalização realmente ocorra e que seja diferente das realizadas pela EMUT que mesmo antes da limiar conseguido pela SETRNSPAS já fazia corpo mole na fiscalização das frotas que circulam em nossa cidade.

É notório e indiscutível que a maioria da população depende deste meio de transporte para seus afazeres diários. Por isto é lamentável o que algumas empresas de ônibus de Campos fazem com a população. Ao invés de prestar um serviço de qualidade aos seus clientes, demonstram tamanha falta de consideração com seus passageiros prestando serviços de péssima qualidade.

“Nem sempre quem paga a conta é a Sociedade”

 

“Nem sempre quem paga a conta é a Sociedade”

Causadores de acidentes serão processados pelo INSS

             O Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) pretende reaver os gastos com as indenizações as vítimas de colisões e para isto vai cobrar dos motoristas que ocasionarem acidentes de trânsito com vítima que tiver que se afastar do trabalho. Inclusive alguns casos já estão sendo investigados.

Segundo Alessandro Stefanutto, procurador-geral do INSS, se for comprovado o dolo o orgão pedirá na justiça o ressarcimento dos valores pagos a vítima. Para a justiça dolo refere-se ao acidente em que um indivíduo assume o risco de atropelar e/ou matar outra pessoa. Por exemplo, se um  motorista dirigindo embreagado ocasiona um acidente e o INSS tiver que conceder algum benefício a vítima, o orgão irá processar o causador do acidente. As seguradoras já adotam uma postura semelhante. Se uma pessoa beber e bater com o carro, o seguro não cobre nada.

Segundo dados da Secretaria Estadual de Saúde, o custo do tratamento de uma vítima de acidente  chega a R$ 10,5 mil por mês. Se é notório que dirigir bêbado é fato causador de acidente, sendo impossível argumentar que o autor não sabia da possibilidade de provocar um acidente, então é justo que a conta não continue sendo paga pela sociedade.

A posição do INSS concerteza é vista com bons olhos pela sociedade, pelo menos por aquelas pessoas que dirigem com consciência. Assim o poder público estará punindo aquele que é irresponsável com a vida do outro e diminuindo a sensação de impunidade referente aos acidentes de trânsito ocasionado por atitudes irresponsáveis.

Alerj aprova Projeto de Lei para cana de açucar .

 

O Projeto de Lei 569/2011 do governador Sérgio Cabral, que trata da eliminação gradativa da queima de cana-de-açúcar, foi aprovado por unanimidade na tarde desta quarta-feira na Assembléia Legislativa do Rio de Janeiro (Alerj. O Projeto de Lei prevê a adoção de tecnologias que irão ajudar a reduzir gradativamente a queima da palha da cana-de-açúcar, e, consequente, a emissão de CO2 na atmosfera.

Na eminência de ver decretada a falência do setor sucroalcooleiro, os deputados deixaram de lado questões partidárias e desavenças políticas formando um bloco único para regular toda a cadeia produtiva da cana.  

— Essa é a maior vitória de Campos e a região produtora de cana do Estado do Rio de Janeiro nos últimos anos. Um trabalho árduo para derrubar as 22 emendas, mas prevaleceu o bom senso de todos os colegas de plenário — disse o deputado Roberto Henriques (PR), o primeiro a pedir a atenção dos parlamentares da Casa, pedidos reforçados ainda pelos deputados João Peixoto (PSDC), Clarissa Garotinho (PR) e Sabino (PSC).

O prazo final para erradicar as queimadas é 2020, segundo o compromisso firmado através de um cronograma presente no Protocolo Agroambiental do Setor Sucroalcooleiro Fluminense, assinado em 2010.

Você entregaria a alma do seu filho ao “D” ???

Me parece que o rombo nas contas públicas municipais não param de crescer, previsto para chegar a R$ 1,2 bilhões de défit em 2012. Mesmo assim o filho quer ser prefeito. Acredito que a partir de outubro de 2011, vai faltar até “cibalena” – remédio comum em qualquer farmácia. As obras ficarão pela metade (presente de grego para o próximo prefeito).

É companheiros! Mais dois anos de cidade fantasma, com desemprego total!

Por causa da lei de responsabilidade fiscal não teremos reeleição, mas sim eleição! Mais fica aí uma dúvida: quem será o candidato da situação? O temível “D” , o filho ou o poste ???

Se eu fosse mãe não colocaria meu filho neste Titanic, por que vai afundar!

Como a situação é catastrófica temos que correr para encontrar uma saída, afinal minha cidade meu amor!

Até o Secretario correu com todo o seu grupo. O perigo agora é a volta do avião federal , mas é o preto e não o branco, por que o branco é só para as autoridades!

Um abraço fraterno.
Fabricio Lirio