Lei estabelece que renda familiar será critério de desempate em vestibular

A presidente Dilma Rousseff sancionou nesta quinta (5) uma lei que estabelece a renda familiar como critério de desempate em vestibulares de instituições públicas. A medida modifica a Lei de Diretrizes e Bases da Educação Nacional .

De acordo com a lei, publicada no Diário Oficial da União, a prioridade dos processos seletivos, quando houver mais de um candidato com o mesmo desempenho, é selecionar aquele que comprovar renda familiar inferior a dez salários mínimos. Ou, como segunda opção, dar a vaga àquele que tiver menor renda familiar.

A nova lei já está em vigor.

 

Fonte: G1.com

Professora potiguar com Down recebe prêmio nacional de educação

A potiguar Débora Seabra, primeira professora com síndrome de Down do país, foi homenageada com o Prêmio Darcy Ribeiro de Educação 2015 em Brasília. O prêmio é promovido pela Comissão de Educação da Câmara dos Deputados, que elege todos os anos três pessoas – físicas ou jurídicas – consideradas exemplos no desenvolvimento de ações educativas no país.

A entrega da homenagem aconteceu na última terça-feira (27). “Eu amo o que eu faço. Amo meus alunos, amo o meu trabalho e também eu gosto muito da minha equipe de trabalho. É importante também para incluir muitas pessoas como eu”, disse Débora.

Ela é professora há mais de 10 anos e faz palestras no Brasil e em outros países, como Argentina e Portugal, sobre o combate ao preconceito. Hoje ela trabalha como professora assistente na Escola Doméstica, um colégio particular de Natal. Quando mais nova, Débora sempre estudou em escolas da rede regular de ensino e se formou no curso de magistério, de nível médio, em 2005.

Em 2013, ela lançou o seu primeiro livro, chamado “Débora conta histórias”. A obra traz várias fábulas infantis que se passam na fazenda e têm animais como protagonistas. Embora sejam animais, eles precisam lidar o tempo todo com problemas humanos, especialmente o preconceito e rejeição por serem diferentes.

O nome de Débora foi indicado a concorrer ao prêmio pelo deputado federal Rafael Motta (PROS). “Ela é um orgulho para todos os potiguares e essa é uma justa homenagem por sua competente atuação no setor educacional do Rio Grande do Norte”, contou o deputado. Ao escolher os homenageados, a Comissão de Educação levou em consideração critérios como originalidade ou caráter exemplar das ações educativas desenvolvidas pelos indicados ao prêmio.

 

Fonte: G1.com

Aos 76 anos, idosa faz Enem pela sétima vez: ‘nunca vou desistir’

Otimismo e persistência não faltam para a aposentada de 76 anos Osmarina Duarte de Sousa, que mora na Zona Sul de Teresina. Mesmo depois de participar de seis edições do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem), a idosa não desanimou e pela sétima vez vai enfrentar a maratona de provas do exame que será realizada neste fim de semana.

A aposentada que mora no bairro Deus Quer, Zona Sudeste da capital piauiense, esbanja descontração. Ela contou ao G1 que tem feito o que pode para se preparar para o exame. Além das aulas no turno da noite, ela divide os afazeres de casa e aproveita o tempo livre para revisar os conteúdos. É comum, segundo ela, ficar até tarde da noite estudando.

Aos 76 anos, Osmarina mostra disposição aos estudos (Foto: Fernando Brito/G1)Osmarina mostra disposição de sobra aos
estudos (Foto: Fernando Brito/G1)

“Nunca vou desistir de estudar. Faço preparatório todos os anos, estudo muito e os professores me ajudam. As pessoas perguntam o que eu ainda estou fazendo na escola, mas a vida é assim não se pode parar de estudar. Acordo de manhã cedo e cuido dos afazeres de casa, depois volto aos estudos. Estudar muito é só o que eu tenho feito”, contou.

Osmarina Duarte foi alfabetizada ainda nos seus 60 anos e vê no Enem uma porta para um futuro melhor. Ela conta que seu sonho sempre foi entrar na faculdade e que não tira da cabeça o desejo e a vontade de ser professora de geografia.

“Eu era analfabeta. Trabalhei por muito tempo na roça com meus pais e não tive tempo para estudar como hoje os jovens têm. Vim morar no Piauí, terminei os estudos e aqui continuo me preparando para o vestibular. Meu sonho é esse, entrar na faculdade, e estou muito confiante de que vou conseguir esse ano, e se conseguir ficarei muito feliz”, disse.

Osmarina Duarte fez cursos preparatórios e estuda em casa sozinha (Foto: Fernando Brito/G1)Aposentada fez cursos preparatórios e estuda em casa sozinha (Foto: Fernando Brito/G1)

Questionada se sua história de determinação, por estar focada nos estudos, serve de exemplo para outros estudantes, ela foi modesta. Preocupada com candidatos que não tenham dado a importância necessária ao exame, ela aconselha e pede que os estudantes mais jovens aproveitem ao máximo o tempo que tiverem livre.

“Existem muitas pessoas que têm maior facilidade em aprender, tirar boas pontuações no Enem, e passar. Já outras, como eu (risos), têm dificuldade. O tempo e a idade não voltam mais. Quanto mais você puder aproveitar para estudar, melhor. Quando vai passando o tempo você vai perdendo o pique e tudo fica perdido. É preciso que os jovens se preocupem com os estudos”, contou dando conta que não para porque precisa exercitar a mente.

Realização das provas
As provas do Enem acontecem neste fim de semana, no sábado (24) e domingo (25). No primeiro dia, as provas com questões de ciências humanas e ciências da natureza terã duração máxima de 4 horas e 30 minutos. Já no segundo dia, o tempo de duração é de 5 horas e 30 minutos para serem respondidas questões de  linguagens, matemática e redação.

O candidato só pode sair do local das provas após duas horas do início do exame. Os candidatos que quiserem levar o caderno de questões para casa tem que esperar até 30 minutos antes do término da prova.

Abertura dos portões
Por conta do horário de verão, no Piauí, os portões dos locais de aplicação das provas serão abertos uma hora mais cedo porque a realização do exame segue o horário de Brasília. Enquanto nos estados que aderiram ao horário de verão os portões se abrem ao meio dia e fecham às 13h, no Piauí os portões serão abertos às 11h e fechados ao meio dia.

O Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep) orienta que os candidatos cheguem com pelo menos uma hora de antedecência e que visitem o local de realização da prova dias antes para que o candidato não perca o caminho.

Cartão de inscrição do candidato
Neste ano o Inep não enviou pelos Correios o cartão de confirmação da inscrição. O acesso ao cartão do candidato está sendo feito através da internet. É através dele que o candidato fica sabendo em qual escola vai fazer o exame.

O cartão deve ser baixado ou consultado diretamente no site do Inep. Segundo o órgão, o cartão não é obrigatório ou requisito para fazer a prova, mas é preciso que o candidato leve anotado dados como o endereço, andar, número da sala e o número do candidato, além dos documentos de identificação.

Documentos obrigatórios
Segundo o edital do Enem, os documentos de identidade previstos são: documento de cédula de identidade (RG) expedida pelas Secretarias de Segurança Pública, pelas Forças Armadas, pela Polícia Militar, e pela Polícia Federal; identidade expedida pelo Ministério da Justiça para estrangeiros; identificação fornecida por ordens ou conselhos de classes que por lei tenham validade como documento de identidade; Carteira de Trabalho e Previdência Social (CTPS), emitida após 27 de janeiro de 1997; Certificado de Dispensa de Incorporação; Certificado de Reservista; passaporte; Carteira Nacional de Habilitação com fotografia, na forma da Lei nº 9.503, de 23 de setembro de 1997; e identidade funcional em consonância com o Decreto nº 5.703, de 15 de fevereiro de 2006.

Alimentação
Água e comida não são proibidas. O candidato deve se preocupar com sua própria alimentação durante a prova.

Punição para faltas no Enem
Quem for liberado da taxa e faltar nos dois dias do exame em 2015 terá obrigatoriamente que pagar a inscrição em 2016.

Funções do Enem
O Enem é usado como critério de entrada em diversos programas federais. A prova substitui vestibulares no acesso a instituições federais de ensino superior. Também são exigidas as notas do Enem para o candidato que pretende uma bolsa de estudos pelo ProUni, para quem quer uma vaga gratuita no ensino técnico pelo Sisutec ou para quem vai tentar financiamento estudantil pelo Fies.

Quem tem mais de 18 anos pode usar o exame nacional para obter o diploma do ensino médio. E quem já está na faculdade precisa de boas notas no Enem para concorrer a bolsas de estudos no exterior pelo Ciência sem Fronteiras.

Fonte: G1.com

Vestibular Senac inscreve para 390 vagas em PE até 26 de novembro

Estão abertas as inscrições para o vestibular 2016 da Faculdade Senac em Pernambuco, que oferece 390 vagas em cinco cursos diferentes. Os interessados devem se inscrever até 26 de novembro no site ou na sede da instituição, situada na área central do Recife. Também é possível participar do processo seletivo com a nota do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem).

Quem optar pelo vestibular tradicional vai concorrer a 200 das 390 vagas abertas para 2016. Esses candidatos serão submetidos a uma prova que contém uma redação e 20 questões de múltipla escolha no dia 28 de novembro. Para participar, é preciso se inscrever no site do Vestibular da Faculdade Senac ou presencialmente na Central de Atendimento Senac, situada na Avenida Visconde de Suassuna, centro do Recife.

Os feras ainda precisam pagar uma taxa de inscrição de R$ 35 e apresentar os seguintes documentos: identidade, CPF e comprovante de residência. Para fazer as provas, que serão aplicadas das 14h às 17h, devem levar o comprovante de pagamento e um documento oficial com foto.

Enem
Já quem preferir entrar na faculdade por meio da nota do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) precisa fazer uma inscrição presencial até as 19h do dia 27 de novembro. Os interessados devem ter realizado o Enem de 2013 e 2014 e precisam levar a cópia do boletim de desempenho à secretaria acadêmica da Faculdade Senac, no centro do Recife.

Neste caso, o processo seletivo vai levar em conta a média das notas obtidas pelos candidatos nas provas objetivas e na redação. A média, no entanto, não pode ser inferior a 300 pontos. Ao todo, 190 feras serão selecionados desta maneira.

Cursos
A Faculdade Senac oferece cinco cursos superiores no ano letivo de 2016: Bacharelado em Administração, Gestão de Recursos Humanos, Design de Moda, Gastronomia e Eventos. Há vagas nos turnos da manhã, tarde e noite, mas a maior parte das vagas está no curso de gastronomia (120). As mensalidades variam de R$ 350 a R$ 600. Mais informações podem ser obtidas no site do Senac ou pelos telefones 0800 281 6756 e 3413.6655.

Fonte: G1.com

Novo boato de vazamento da redação do Enem faz Inep ir à Polícia Federal

Uma suposta proposta do tema de redação do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) está circulando pelas redes sociais na tarde deste domingo (18). Procurado pelo G1, o Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep) afirmou que nem essas imagens nem as que circularam pela manhã, denunciadas por um professor do Recife,são das provas deste ano e afirmou que “todo o material falso vazado será encaminhando para investigação da Polícia Federal”.

Veja detalhes no vídeo abaixo.

Na imagem da suposta redação, é possível ver um gráfico que aborda a intolerância religiosa no Brasil e está indicado que seria uma prova ‘cinza’. O Inep destacou ainda que vai levar à Polícia Federal esta imagem e as supostascapas de dois cadernos de prova, das cores azul e rosa, e de uma proposta de redação que cicularam pelas redes sociais na manhã deste domingo (18).

Depois de tranquilizar os alunos pela manhã, o professor de matemática Marcello Menezes recebeu, à tarde, a nova imagem. “Na primeira foto que recebi, a redação vinha na página 3. Geralmente, a redação fica no verso da capa, é sempre um número par. Mas essa veio na página 2 e tem o número direitinho. É preocupante”, afirma o professor.

Enem 2015
O exame tem 7.746.118 inscritos e será aplicado nos dias 24 e 25 de outubro neste ano. Pela primeira vez, o Ministério da Educaçãonão vai encaminhar a versão impressa do cartão de confirmação pelos Correios. Outra novidade é que o candidato poderá salvar o cartão em seu computador no primeiro acesso para não ter que voltar ao sistema.

O documento apresenta o endereço do local de prova, os dados do candidato e a opção de língua estrangeira escolhida (inglês ou espanhol). Caso você não lembre sua senha, é possível recuperar o acesso ao site usando seu CPF, sua data de nascimento e o endereço de e-mail ou telefone celular indicado no formulário de inscrição. Para isso, é preciso acessar o endereço enem.inep.gov.br/recuperar-senha.html.

A recomendação do MEC é para que os candidatos visitem o local dias antes do Enem, para evitar imprevistos. Como o estado de Pernambuco não entrou no horário de verão, ofechamento dos portões nos dois dias de prova será às 12h.

 

Fonte: G1.com

Cinco dicas para escrever melhor e evitar erros

Redigir relatórios, enviar e-mails, preparar apresentações… Boa parte dos profissionais tem em sua rotina pelo menos uma tarefa que envolva a escrita. Mas o que fazer para superar as dificuldades com o português e não deixar que isso ‘pegue mal’ e prejudique seu crescimento dentro da empresa?

Se você é daqueles que sofre quando precisa criar um texto, mesmo que breve, pois não tem inspiração nem mesmo habilidade para escrever, saiba que não está sozinho. Uma pesquisa recente feita pela RZT Comunicação apontou que profissionais de todos os níveis cometem erros na escrita e que os equívocos são mais comuns no ambiente corporativo do que se imaginava: 84% das pessoas entrevistadas admitiram ter esse problema e reconheceram a necessidade de aprimoramento.

O levantamento ouviu profissionais das áreas de Comércio Exterior, Comunicação, Consultoria Empresarial, Educação, Finanças, Gestão, Palestras, Recursos Humanos, Saúde e Tecnologia da Informação, que revelaram cometer erros, tanto na estruturação de um texto quanto com a própria Língua Portuguesa.

“A maioria dos consultados apontou dificuldade geral de escrever, de colocar as ideias no papel. Outros identificaram problemas como falta de clareza e objetividade. E com essa dificuldade, obviamente, eles têm menos chances de serem contratados e promovidos”, afirma Almir Rizzatto, diretor da RZT Comunicação e professor de cursos de escrita.

Entretanto, não é só o profissional que perde com a deficiência na comunicação. Outra pesquisa, desta vez realizada pelo Project Management Institute Brasil (PMI) com 300 companhias nacionais e multinacionais, mostrou que 76% das organizações que tiveram projetos fracassados devem isso ao fato de possuírem funcionários que não sabiam escrever e nem falar bem.

Confira a seguir cinco dicas práticas para escrever melhor e ter a escrita como aliada:

1. Pense no que quer dizer

Antes de iniciar o texto para uma apresentação, um e-mail ou um relatório, pense na mensagem que deseja transmitir. O exercício evitará o uso de informações desnecessárias e deixará você mais seguro.

2. Opte pela simplicidade

Evite o uso de palavras complexas e ideias confusas. Elas irão atrapalhar o entendimento da sua mensagem. Tome cuidado também com as abreviações, pois elas podem complicar a vida de quem vai receber o texto.

3. Priorize a clareza

Independentemente do tipo de texto, a objetividade e a clareza são primordiais. Mas esteja atento! O desafio está em transmitir a mensagem com o mínimo de palavras possíveis, mas sem sacrificar o conteúdo.

4. Tenha cuidado com a ortografia

Está na dúvida sobre o acento de uma palavra? Não sabe se ela leva dois “s” ou cedilha? Nestes casos consulte sempre um dicionário. Se não puder ter um sempre à mão em sua mesa, recorra às versões digitais e gratuitas disponíveis na internet.

5. Peça opiniões

Caso não esteja 100% seguro com algum texto, peça a opinião de um colega. Pergunte, por exemplo, se a linha de raciocínio está clara e se as informações estão completas. No entanto, atenção: peça a ajuda de quem realmente entende do assunto.

Fonte: R7.com

É possível resolver a parte de exatas do Enem mais rápido?

Problemas de matemática, física e química costumam preocupar os candidatos que prestarão o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem). Por isso, vem a dúvida – é possível usar algum truque para conseguir resolver as questões mais rapidamente? De acordo com o professor Caio Calçada, do Cursinho Objetivo, não existe milagre.

A dica que ele dá aos estudantes é ler a pergunta com muita atenção. “Procurem anotar os dados que estão contidos no texto. Isso vai ajudar bastante”, diz.

Dessa forma, o candidato olhará para as informações e logo associará a questão a um modelo já visto. “Não vai perder tempo para descobrir que caminho fazer. Logo irá buscar a respectiva equação e achar a solução”, explica Calçada.

 

Fonte: G1.com

Entenda por que investir em cursos de especialização é importante para a carreira

Quando você termina o ensino médio vem alguém e pergunta quando entrará na faculdade. Concluiu o ensino superior e questionam pela pós-graduação, depois mestrado, doutorado e por aí vai. E você? Sente a necessidade de continuar estudando ou acha bobagem fazer cursos de especialização? Se você se encaixa no segundo grupo, é melhor repensar sua decisão. Veja na galeria a seguir porque é tão importante nunca parar de se aperfeiçoar.

Nos dias de hoje, raros são aqueles que conseguem arrumar um emprego que ofereça boa remuneração sem ter cursado ensino técnico ou superior. Antes de ingressar em um curso é legal pensar direito no que gostaria de fazer. Não que você não possa desistir de sua escolha, se ela não te agradar. Porém, amadurecer a ideia antes de iniciar a graduação, pode diminuir muito a chance de você se arrepender ou de passar anos em uma área que não goste, o que fará com que economize tempo e dinheiro.

Ao escolher um curso com o qual se identifique você já está traçando os passos que dará em sua vida profissional. Afinal, é bem mais fácil ter motivação para se colocar no mercado de trabalho e, consequentemente, procurar uma especialização quando se gosta do que se faz.

Especializar-se é importante para que você sempre se mantenha atualizado. Sua área profissional muda, o tempo passa e se você não investir em algo para se aprimorar, com o mercado tão dinâmico, corre o risco de ficar para trás. A concorrência é grande, por isso é bom não marcar bobeira!

Se a empresa na qual trabalha lhe oferecer a oportunidade de fazer algum curso de especialização fora do país, mesmo que seja de idiomas, não deixe passar essa chance. A vivência que você terá morando em terras estrangeiras não lhe acrescentará apenas vários pontos no currículo, te tornará também um ser humano mais paciente, tolerante e, principalmente, resiliente.

Existe um ditado popular muito conhecido que diz que “nunca é tarde para aprender”. Pegue isso como um mantra e sempre esteja aberto a adquirir conhecimento. Não perca a chance de estudar, melhorar e aprender sempre! Acredite que isso te tornará uma pessoa melhor! Mãos à obra!

Inscrições para Vestibular 2016 da UESB são prorrogadas

A Universidade Estadual do Sudoeste da Bahia (UESB) decidiu prorrogar até 19 de outubro o prazo de inscrições do Vestibular 2016. Antes, elas seriam encerradas no último dia 09. Para participar, os interessados deverão pagar taxa de R$ 85.

Inscreva-se no Vestibular 2016 da UESB

O processo seletivo ocorrerá em uma única fase no mês de dezembro. Os candidatos responderão 20 questões objetivas das seguintes matérias:

-13/12: Português (Língua Portuguesa e Literatura Brasileira) e Língua Estrangeira e uma Redação;
-14/12: História, Geografia e Matemática;
-15/12: Física, Química e Biologia.

Quem se inscrever nos cursos de licenciatura em Dança e licenciatura em Teatro também fará Testes de Habilidades Específicas (THE), em locais, datas e horários que serão divulgados posteriormente.

Oportunidades

Para esta edição, a oferta é de 1.231 vagas em 47 opções de cursos de graduação ministrados nos campi de Itapetinga, Jequié e Vitória da Conquista. Do total de postos para este processo seletivo, 752 serão para ingresso no primeiro semestre de 2016 e os demais (479) para o segundo.

De acordo com o Edital, metade das oportunidades para cada curso é destinada para os candidatos oriundos da rede pública. Dentro desse universo, 70% são para os que se autodeclararem negros e o restante para os que apenas declararem ter estudo no ensino público. Ainda conforme o documento, mais vagas poderão ser oferecidas por meio do Sistema de Seleção Unificada (SiSU).

Resultado 

Segundo a universidade, o resultado está previsto para sair na primeira quinzena de janeiro de 2016. Para mais informações, acesse o Edital, o site do Vestibular da UESB ou entre em contato pelos telefones (77) 3424-8757, em Vitória da Conquista; (77) 3261-8604, em Itapetinga; e (73) 3528-9695, em Jequié; ou ainda pelo e-mail vestibular@uesb.edu.br.

Fonte: R7.com

Brasileiro é premiado pela Unesco por pesquisas de malária e leishmaniose

Os trabalhos do brasileiro Manoel Barral-Netto sobre a leishmaniose e a malária foram agraciados nesta segunda-feira (12) com um dos prêmios de Pesquisa em Ciências da Vida da Unesco.

Chefe da pesquisa e diretor do Centro de Pesquisas Gonçalo Moniz-Fiocruz, de Salvador, o júri destacou também sua contribuição ao desenvolvimento de ferramentas de controle na área das doenças transmissíveis e relacionadas com a pobreza, indicou em comunicado a organização da ONU para a Educação, a Ciência e a Cultura (Unesco).

Junto a Barral-Netto, a Unesco premiou também o indiano Balram Bhargava, cardiologista especializado em inovação biomédica, saúde pública e saúde médica, e o senegalês Amadou Alpha Sall, chefe do centro colaborador da Organização Mundial da Saúde (OMS) de Arbovirus e febre hemorrágica em Dacar.

Bhargava desenvolveu ferramentas inovadoras, eficazes e acessíveis para tratar doenças cardiovasculares com grande impacto social em entornos sem recursos, precisou a Unesco.

A contribuição ao desenvolvimento e disseminação de ferramentas de diagnóstico e controle de doenças virais como o ebola, o chikunguya e a dengue valeram a distinção a Alpha Sall, acrescentou.

O propósito deste prêmio, formado por um júri heterogêneo e internacional, é recompensar projetos e atividades de indivíduos, instituições ou outras ONGs para pesquisas em ciências biológicas com vistas a melhorar a qualidade da vida humana.

A entrega dos prêmios aos três ganhadores vai acontecer em Paris, em 14 de novembro.