Lojistas de Campos acreditam que vendas do Dia das Mães podem crescer até 5%

 

O presidente da Câmara de Dirigentes Lojistas de Campos (CDL), Joilson Barcelos disse nesta terça-feira (9) que o comércio campista está motivado para as vendas do Dia das Mães, a segunda data mais importante do calendário do comércio, ficando atrás somente do Natal.

Ele fez um chamamento para que os comerciantes no curso desta semana enfeitem suas lojas, motivem seus funcionários e até prorroguem o horário de funcionamento porque a data poderá marcar a retomada do crescimento do comércio.

– Temos a expectativa de um faturamento entre 3 e 5% maior do que no ano passado o que é um número relevante porque no cenário nacional a previsão de vendas em relação a 2017 é apenas 1,5%.- disse Joilson Barcelos.

Joilson citou como exemplo o empresário Edvar Chagas que está acreditando na data tendo tido reuniões com seus funcionários no intuito da motivação.

– O lojista deve colocar na vitrine produtos relacionados a data, enfeitar a lojas e chamar a atenção do consumidor. Temos que acreditar nisso.- disse Edvar.

Dicas
Lojista, aproveite a segunda data que mais movimenta o comércio para impulsionar suas vendas e, claro, contribuir com a felicidade de todos, de quem compra e de quem ganha.

Trabalha no ramo de beleza?

Ofereça promoções para mães e filhas.
Faça sorteios com kits de produtos e/ou serviços.
Crie um “day spa” na loja utilizando produtos relaxantes.
Trabalha com Gastronomia?

Ofereça agrados comestíveis pela loja.
Adoce ainda mais este dia com promoções para produtos de confeitaria.
Trabalha com roupas, calçados ou acessórios?

Toda mãe merece estar na moda.
Ofereça descontos paa filhos.
Presenteie suas clientes com brindes.

Fonte: Campos 24hs

Pais de menino com doença rara lutam em Campos por tratamento

Foto: Filipe Lemos / Campos 24hs

Droga liberada nos EUA pode conter avanço da doença. Basta um click em abaixo assinado online para ajudar portadores de doenças raras em Campos

 

Da Redação_______
Em Campos, a doença degenerativa rara denominada Atrofia Muscular Espinhal (AME) foi comprovada em duas crianças, ambas de cinco anos de idade. Isso, fora as demais que podem também ter a doença, mas (estatísticas são de 300 novos casos/ano), por ser uma patologia rara e, por isso, de diagnóstico complexo e difícil de ser fechado, é tratada como qualquer outra doença e não como AME. A partir daí os pais de uma das crianças começaram uma campanha que todos podem ajudar, bastando participar de um abaixo-assinado online, que não custa nada em termos de dinheiro, mas que poderá ser fundamental para a vida dessas e de outras crianças futuras.

Um dos portadores do AME em Campos é o menino J.C., que somente no ano passado teve o diagnóstico da doença totalmente fechado, apesar dos sintomas terem aparecido a partir de um ano de idade. Ele nunca andou e “provavelmente” nunca andará, hoje tem uma cadeira especial para se locomover, usa fraldas por não ter condições de controlar seus impulsos e vive cercado de cuidados especiais, já que para ele, uma simples gripe de dia pode ser transformar numa pneumonia à noite. A doença, além de acometer a musculatura, também ataca o sistema respiratório, daí os cuidados mais do que especiais.

O pastor Carlos e sua esposa Neide, residentes no Parque Alvorada, em Guarus, os pais de J.C., têm o gene da AME (uma doença de origem genética) e nunca souberam. Eles explicam que não existem remédios específicos para a doença, mais uma vacina que entra no tratamento como manutenção, somente encontrada nos Estados Unidos por cerca de R$ 125 mil a dose (valor convertido do dólar para o real). No caso de J.C. ele teria que tomar seis doses/ano e importar o medicamento. Carlos e Neide estão em campanha, recolhendo assinaturas on line como forma de sensibilizar a Anvisa brasileira para que, a partir daí, seja transformado em projeto de lei, começando ai uma nova luta para que o governo brasileiro tenha essa vacina para os pacientes.;

– Precisamos tentar de todas as maneiras para que este Medicamento (Espinraza/ Nusinersena) seja disponibilizado o mais breve possível para todos os portadores de AME do Brasil. A Caminhada ainda é longa. Assine o abaixo assinado do link abaixo, compartilhe, faça postagem em grupos e páginas para divulgar e conseguirmos logo que esse medicamento venha para o Brasil. Não é dinheiro, apenas assinatura para a Anvisa liberar esse medicamento tão importante para a qualidade de vida desses pacientes. Vamos combater a AME. Espinraza, Já! – pedem os pais do menino.

AME – A doença afeta os movimentos dos músculos, por causa de produção deficiente de uma proteína fundamental para o sistema nervoso. O tipo 1 é o mais grave e os sintomas podem aparecer logo ao nascer ou entre o terceiro e sexto mês de vida. Estas crianças irão apresentar redução dos movimentos de pernas e braços que, rapidamente, evoluem para perda quase que completa. Simultaneamente são envolvidos também os músculos que participam da deglutição de alimentos e os que participam do ato de respirar. Se nada for feito estes bebês não sobrevivem a idade de dois anos.

ABAIXO ASSINADO:

https://www.change.org/p/ag%C3%AAncia-nacional-de-vigil%C3%A2ncia-sanit%C3%A1ria-anvisa-e-congresso-nacional-ajudem-a-salvar-a-vida-de-pacientes-com-atrofia-muscular-espinhal-ame-uma-doen%C3%A7a-fatal?recruiter=499674449&utm_source=share_petition&utm_medium=whatsapp

 

Fonte: Campos 24hs

Policlínica do Servidor registra mais de 400 agendamentos na manhã desta segunda

A unidade, criada para atender exclusivamente os servidores públicos municipais, seus dependentes, e ainda os contratados está instalada na rua dos Goytacazes

 

Os agendamentos para consultas na primeira Policlínica do Servidor, em Campos, começaram nesta segunda-feira (8), das 8h às 17h. Até o final da manhã, mais de 400 atendimentos já foram agendados. A unidade, criada para atender exclusivamente os servidores públicos municipais, seus dependentes, e ainda os contratados está instalada na rua dos Goitacazes, esquina com a rua Comendador José Francisco Sanguedo (antiga Aquidaban). No ato do agendamento, os servidores devem apresentar comprovante profissional que pode ser um contracheque atual.

A técnica de enfermagem Rejane Pereira França foi uma das servidoras que aproveitou o primeiro dia de funcionamento da Policlínica para marcar uma consulta para o cardiologista.

— Achei bem interessante a implantação da Policlínica e espero que realmente funcione. Estamos há um tempo sem o plano de saúde e termos acesso ao atendimento médico é muito importante. O agendamento não foi demorado e logo já estava com a consulta marcada — comentou.

O encarregado pela unidade, Claudinei Francisco Barreto, informou que as consultas e exames, como a coleta de sangue, serão iniciados nesta quarta-feira (10) e que a partir da próxima segunda-feira (15) mais duas salas estarão concluídas. Claudinei ressaltou que o consultório de odontologia está em fase de implantação e, em breve, em pleno funcionamento.

A Policlínica foi inaugurada na última sexta-feira (5), pelo prefeito Rafael Diniz, e vai oferecer aos funcionários da Prefeitura de Campos uma equipe de assistência multidisciplinar em saúde com consultas de especialidades médicas e odontológicas, cirúrgicas e clínicas, como ginecologia/obstetrícia, cardiologia, clínica médica, dermatologia, ortopedia, psiquiatria, neurologia, cirurgia pediátrica e pediatria, além de enfermeiros, fisioterapeutas, psicólogos, fonoaudiólogos e outros profissionais. Segundo a coordenadora do Programa Municipal de Saúde do Trabalhador (PMST), a médica do trabalho Renata Castelo Branco Juncá, a nova unidade é uma importante estratégia dentro do programa e está voltada para o atendimento dos servidores da prefeitura.

Fonte: Comunicação PMCG 

Prefeita Francimara aponta avanços em 120 dias de governo

Foi apresentado slide com as ações realizadas por cada secretaria nestes 120 dias da gestão do novo governo

 

Criação do Conselho da Mulher, Raio X e mamógrafo funcionando, 12 ambulâncias circulando, ampliação na iluminação pública e intensificação nas ações da Educação foi alguns dos avanços alcançados em São Francisco de Itabapoana apontados pela Prefeita de São Francisco de Itabapoana, Francimara Azeredo da Silva Barbosa Lemos durante o evento de prestação de contas realizada no salão Ana Festas, localizado no centro da cidade.

Durante a solenidade foi apresentado um slide apontando todas as ações realizadas por cada secretaria no decorrer desses 120 dias da gestão do novo governo. A intenção foi para tornar público de como estão sendo empregados os recursos públicos à população sanfranciscana.

A cerimônia reuniu dezenas de pessoas e autoridades que parabenizaram as melhorias na cidade. “Essa prestação de contas foi essencial porque está deixando bem claro o que está sendo feito com o dinheiro público e a gente sabe o quanto é difícil um governo chegar e arrumar a casa. Que a Prefeita faça isso sempre, pois eu achei ótimo o evento”, disse Kátia Costa, Agente Comunitário de Saúde.

Carlos Júnior, presidente da Associação dos Moradores e Produtores Agrícolas de Macuco (AMPRAMAC) não poupou palavras. “A Prefeita Francimara e seu secretariado estão de parabéns por tornar público e convocar toda a sociedade de maneira geral para estar acompanhando a prestação de contas pelos primeiros 120 dias de governo. Isso mostra a seriedade de um trabalho e a transparência com os recursos públicos. Em nome da Associação de Moradores, desejo sucesso. Estamos juntos por uma São Francisco melhor”, ressaltou o presidente.

Durante seu discurso, a Prefeita Francimara fez memória às iniciativas já vividas. “Eu entrei na vida política e me apaixonei desde há época em que fui secretária de Promoção Social. E ganhei as eleições com transparência e com muita luta. E eu vou me empenhar para ser a melhor prefeita dessa cidade. Peço a ajuda e a compreensão de todos. Eu preciso de vocês, porque sozinha eu não posso nada”, afirmou a Prefeita, que ainda esclareceu outras ações.

“Eu compreendo que não vai ser em 120 dias que vamos dar jeito, mas sabemos que muita coisa já mudou e muita coisa ainda vai mudar. Eu quero ter orgulho de ter deixado algo e de fazer um bom trabalho. Sei que falta muito, mas no decorrer desses quatro anos vou prestar contas a vocês. Peço paciência a todos e podem cobrar também, mais cobrem com responsabilidade. E lembre-se, nós temos que nos unir porque a união faz a força”, diz a prefeita.

Cursos gratuitos de 3º grau: Inscrição para vestibular prossegue até quinta

Foto: Ilustração

Para o 2º semestre, o Centro de Educação a Distância do Estado do Rio oferece 7.159 vagas em 15 cursos de nível superior

 

Os interessados em prestar o Vestibular Cederj 2017.2 têm apenas uma semana para realizar a inscrição. O prazo vai até quinta-feira (11). Para o segundo semestre, o Centro de Educação a Distância do Estado do Rio de Janeiro (Cederj) oferece 7.159 vagas em 15 cursos de nível superior. As oportunidades são para ingresso em sete universidades públicas: UERJ, UFRJ, UFF, UNIRIO, UENF, UFRRJ e CEFET.

As inscrições são pelo site www.cederj.edu.br/vestibular, mediante o pagamento de R$ 85. O modelo de ensino é semipresencial, com acompanhamento didático nos polos do Cederj localizados em 32 cidades do estado. Além da plataforma de estudo online, os alunos contam com material didático impresso, fornecido gratuitamente.

O diploma é emitido pelas universidades sem qualquer distinção do modelo de educação presencial.

Provas e avaliações

As provas serão aplicadas no dia 10 de junho. Ao longo do curso, os alunos serão avaliados em atividades presenciais (provas nos polos) e a distância. O acompanhamento didático será feito por tutores nos polos e nas universidades consorciadas. As aulas começam no segundo semestre de 2017. Enquanto estudam, os alunos podem tirar dúvidas pela internet ou por meio de um telefone sem custo para ligações (0800).

Sobre o Cederj e cursos

O Consórcio Cederj pertence à Fundação Centro de Ciências e Educação Superior a Distância do Estado do Rio de Janeiro (Cecierj), órgão vinculado à Secretaria Estadual de Ciência, Tecnologia e Desenvolvimento Social. É formado por sete instituições públicas de ensino superior: CEFET, UENF, UERJ, UFF, UFRJ, UFRRJ e UNIRIO, e conta atualmente com mais de 40 mil alunos matriculados.

Os cursos oferecidos pelo Consórcio Cederj são bacharelados em Administração (711 vagas), Administração Pública (400) e Engenharia de Produção (400); tecnólogos em Gestão de Turismo (250), Segurança Pública (360) e Sistemas de Computação (529); e licenciaturas em Ciências Biológicas (871), Física (375), Geografia (240), História (250), Letras (300), Matemática (830), Pedagogia (1.040), Química (318) e Turismo (285).

Os polos no estado

Os polos da Fundação Cecierj estão localizados em Angra dos Reis, Barra do Piraí, Belford Roxo, de Bom Jesus do Itabapoana, Campo Grande, Cantagalo, Duque de Caxias, Itaguaí, Itaocara, Itaperuna, Macaé, Magé, Miguel Pereira, Natividade, Niterói, Nova Friburgo, Nova Iguaçu, Paracambi, Petrópolis, Piraí, Resende, Rio Bonito, Rio das Flores, Rocinha, Santa Maria Madalena, São Fidélis, São Francisco de Itabapoana, São Gonçalo, São Pedro da Aldeia, Saquarema, Três Rios e Volta Redonda.

Inscrições para o Enem 2017 começam

A prova será realizada em dois domingos consecutivos, nos dias 5 e 12 de novembro

 

As inscrições para o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) de 2017 começam às 10h desta segunda-feira (8) e terminam às 23h59 do dia 19 de maio, pelo site do Enem. A prova será realizada em dois domingos consecutivos, nos dias 5 e 12 de novembro.

No primeiro domingo, os estudantes farão provas de ciências humanas, linguagens e redação. No segundo, as provas serão de matemática e ciências da natureza.

A taxa de inscrição para o Enem 2017 é de R$ 82, que deve ser paga até o dia 24 de maio. Pelas regras do edital, estão isentos da taxa os estudantes de escolas públicas que concluirão o ensino médio este ano, os participantes de baixa renda que integram o CadÚnico e os que se enquadram na Lei 12.799/2013 que, entre outros critérios, isenta de pagamento aqueles com renda igual ou inferior a um salário mínimo e meio, ou seja, R$ 1.405,50.

Os resultados das provas poderão ser usados em processos seletivos para vagas no ensino superior público, pelo Sistema de Seleção Unificada (Sisu), para bolsas de estudo em instituições privadas, pelo Programa Universidade para Todos (ProUni) e para obter financiamento pelo Fundo de Financiamento Estudantil (Fies).

Fonte: Agência Brasil 

Preço da gasolina em Campos se mantém estável, mas diesel aumenta

Foto: Valmir Oliveira / Comunicação PMCG

 

O preço da gasolina se mantém estável em Campos, mas o diesel aumentou, de acordo com a pesquisa mensal do preço dos combustíveis divulgada pelo departamento de Educação e Pesquisa da superintendência do Procon/Campos. A última análise foi realizada entre os dias 25 e 27 de abril e abrangeu 32 postos, localizados na área Central e nos distritos de Goitacazes, Guarus e Travessão. Foram aferidos os preços de cinco combustíveis: gasolina comum, gasolina aditivada, etanol, diesel e diesel S10.

Em relação à pesquisa realizada no mês de março, verificou-se que os preços da gasolina – tanto comum quanto aditivada – se mantiveram estáveis, mas no que se refere aos demais combustíveis, houve alterações. O preço médio do etanol encontrado nas bombas dos postos de Campos registrou uma redução de R$ 0,03 a R$ 0,04 centavos por litro; já em relação ao diesel – no intervalo de um mês – houve um aumento de R$ 0,05; o diesel S-10, por sua vez, subiu R$ 0,06. O diretor do departamento de Educação e Pesquisa do Procon, Raphael Soares, conclui que, mesmo com o aumento no preço do diesel em Campos, os postos tem evitado repassar ao consumidor o aumento nos valores das refinarias.

– O que se tem percebido é que os postos, mesmo quando há aumento dos preços nas refinarias pela Petrobras, não tem repassado esse valor para os consumidores. Devido à crise econômica pela qual passa o país, as vendas foram reduzidas e a concorrência continuou alta, fazendo com que os revendedores não reajustassem tão prontamente seus preços como faziam anteriormente – comenta.

O preço médio dos combustíveis no município totalizou R$ 3,87 para a gasolina comum, R$ 4,06 para a gasolina aditivada, R$ 3,07 para o etanol, R$ 3,07 para o diesel e R$ 3,22 para o diesel S-10. O preço mínimo encontrado nos postos foi de R$ 3,59 para o litro de gasolina comum, R$ 3,84 para a gasolina aditivada, R$ 2,74 para o etanol, R$ 2,93 para o diesel e R$ 2,99 para o diesel S-10. Já o máximo encontrado foi de R$ 4,14 para a gasolina comum, R$ 4,23 para a gasolina aditivada, R$ 3,54 para o etanol, R$ 3,21 para o diesel e R$ 3,34 para o diesel S-10. A variação dos preços foi maior para o combustível etanol, com 29% de variação do maior para o menor preço entre os postos pesquisados. A gasolina comum, por sua vez, variou 15%. A diferença encontrada entre os valores cobrados pelos combustíveis é resultado da estratégia e avaliação de cada posto, como explica Raphael Soares.

– A opção pela diminuição na margem de lucros vem sendo adotada como estratégia de sobrevivência. Além disso, é preciso sempre lembrar que cada posto tem suas próprias estratégias de mercado, com base em fatores como carga tributária (municipal, estadual, federal), concorrência com outros postos na mesma região e estrutura de custos de cada posto (aluguel, encargos trabalhistas, frete, volume movimentado, margem de lucro etc) – explica.

Cenário Nacional – A Petrobras anunciou, para o dia 21 de abril, aumento dos preços dos combustíveis nas refinarias. A gasolina teve seu preço elevado em 2,2%, em média. O Diesel, em 4,3%. Desde que a estatal anunciou sua nova política de preços, houve quatro reduções e dois aumentos. De acordo com a empresa, “Se o ajuste feito hoje for integralmente repassado e não houver alterações nas demais parcelas que compõem o preço ao consumidor final, o diesel pode subir 2,9% ou cerca de R$ 0,09 por litro, em média, e a gasolina, 1,2% ou R$ 0,04 por litro, em média”.

Contudo, segundo a pesquisa realizada pela Agência Nacional do Petróleo, a tendência encontrada nos postos do país, no mês de abril, foi no sentido de redução dos preços dos combustíveis. Na média nacional, todos os preços apresentaram recuo. De acordo com a ANP, os preços praticados no Brasil, no quarto mês do ano, foram: R$ 3,63 para a gasolina (menos R$ 0,05 em relação a março); R$ 2,63 no etanol (recuo de R$ 0,11); R$ 3,01 no diesel (menos R$ 0,04) e, para o diesel S-10, R$ 3,15 (valor reduzido em R$ 0,04).

Fonte: Comunicação-PMCG

1ª Policlínica do Servidor será inaugurada nesta sexta-feira

Foto: Comunicação PMCG

A Policlínica vai funcionar num imóvel na esquina das ruas dos Goitacazes com Comendador José Francisco Sanguedo (antiga Aquidaban)

 

No dia 5 de maio, o município de Campos vai ganhar a primeira Policlínica do Servidor. Segundo a coordenadora do Programa Municipal de Saúde do Trabalhador (PMST), a médica do trabalho Renata Castelo Branco Juncá, a nova unidade é uma importante estratégia dentro do programa e está voltada para o atendimento dos servidores da prefeitura. A Policlínica vai funcionar num imóvel na esquina das ruas dos Goitacazes com Comendador José Francisco Sanguedo (antiga Aquidaban).

A inauguração acontece durante programação da Semana do Trabalhador, que iniciará em 28 de abril pelo Dia Mundial da Segurança e Saúde no Trabalho e Em Memória as Vítimas de Acidentes de Trabalho e termina com um Fórum Técnico em Saúde do Trabalhador, que será realizado no auditório da Sociedade Fluminense de Medicina e Cirurgia, às 14h, do dia 5.

Segundo Renata Castelo Branco, a nova unidade conta com uma equipe de assistência multidisciplinar em saúde com consultas de especialidades médicas e odontológicas, cirúrgicas e clínicas, como ginecologia/obstetrícia, cardiologia, clínica médica, dermatologia, ortopedia, psiquiatria, neurologia, cirurgia pediátrica e pediatria, além de enfermeiros, fisioterapeutas, psicólogos, fonoaudiólogos e outros profissionais.

— A intenção com a policlínica é assistir os servidores municipais, cuidar do maior patrimônio da Prefeitura, para que esses possam prestar seus serviços com qualidade e saúde. Além disso, pretende-se amenizar uma lacuna que foi herdada por conta da falta do plano de saúde do servidor — explicou a coordenadora do PMST.

Estrutura – Renata ressaltou também que a nova unidade conta com quatro consultórios para atendimento em saúde, dois consultórios odontológicos que estão sendo construídos, uma sala para fisioterapia, além de dependências para o setor administrativo da unidade.

O antigo Posto do Servidor funcionava em um imóvel alugado na rua Salvador Corrêa, que foi condenado pelo Setor de Engenharia da secretaria municipal de Saúde e com isso, as pessoas que eram atendidas nessa UBS foram referenciadas para as unidades de saúde próximas as suas residências. A Policlínica do Servidor vem inaugurar um novo tempo de planejamento responsável dentro das ações da saúde.

— É um grande passo no caminho da valorização da saúde de quem trabalha e, nesse caso específico, da saúde do servidor municipal — ressaltou a médica.

Fonte: Comunicação PMCG 

Deflagrada nova fase da Operação Lava Jato pela Polícia Federal

Cumpridos mandados de busca e apreensão, de prisão preventiva, de prisão temporária e de condução coercitiva nos Estados do RJ, SP e MG

 

Rio – A Polícia Federal deflagrou na manhã desta quinta-feira (04), a Operação Asfixia, 40ª fase da Lava Jato. Em nota, a PF informou que são cumpridos 16 mandados de busca e apreensão, 2 mandados de prisão preventiva, 2 mandados de prisão temporária e 5 mandados de condução coercitiva nos Estados do Rio de Janeiro, São Paulo e Minas Gerais.

A ação policial tem como alvo principal a investigação de empresas e seus respectivos sócios na operacionalização de um esquema de repasses ilegais de empreiteiras para funcionários da Petrobras em decorrência da obtenção de contratos a empresa.

O nome da fase (Asfixia) é uma referência a tentativa de cessar as fraudes e o desvio de recursos públicos em áreas da Petrobras destinadas a produção, distribuição e comercialização de gás combustível.

Os investigados responderão pela prática dos crimes de corrupção, fraude em licitações, evasão de divisas, lavagem de dinheiro dentre outros. Os presos serão levados para a Superintendência da Polícia Federal em Curitiba, quando autorizados pelo juízo competente.

Em Belo Horizonte, são cumpridos 3 mandados de busca e apreensão e 2 mandados de condução coercitiva. Em São Paulo, são 4 mandados de busca e apreensão e 1 mandado de condução coercitiva No Rio, 7 mandados de busca e apreensão, 2 mandados de prisão preventiva, 2 mandados de prisão temporária e 1 mandado de condução coercitiva. Na região metropolitana do Rio, são cumpridos 1 mandado de busca e apreensão e 1 mandado de condução coercitiva em Niterói e 1 mandado de busca e apreensão em Duque de Caxias.

Fonte: Campos 24hs

Trabalhador rural: projeto prevê pagamento salarial em troca de casa e comida

Além disso, projeto prevê jornada de 12 horas por 18 dias consecutivos

 

Brasília – Menos de uma semana após a votação do texto base da reforma trabalhista, a bancada ruralista se movimenta na Câmara para mudar as leis referentes à proteção dos direitos do trabalhador rural. A ideia é restringir o poder da Justiça do Trabalho e do Ministério Público do Trabalho, alterando normas que permitam que o empregador deixe de pagar salário ao empregador do campo, podendo fazer a remuneração em qualquer tipo de espécie, como moradia e alimentação.

Visando não aumentar a resistência à reforma trabalhista, o relator Rogério Marinho (PSDB-MT) deixou de fora 192 mudanças legislativas reivindicadas pela bancada ruralista. A partir de agora esses itens serão discutidos novamente em um projeto do coordenador da fente parlamentar, o deputado Nilson Leitão (PSDB-MT).

Segundo informações do jornal Valor Econômico, o texto aumenta a jornada diária de trabalho para 12 horas por “motivo de força maior”, além de permitir a substituição do repouso semanal dos funcionários por um período contínuo de até 18 dias de trabalho seguidos, com direito a venda integral das férias dos empregados.

“As normas existentes são esparsas e em grande medida, subjetivas, dependentes das interpretações dadas pelos auditores fiscais do Trabalho e da própria Justiça do Trabalho em determinados casos, o que põe o produtor rural em situação de insegurança jurídica, tornando os altos gastos efetuados para o atendimento destas normas, um investimento de risco”, disse Leitão justificando o projeto.

A Confederação Nacional dos Trabalhadores Assalariados (Contar) Confederação Nacional dos Trabalhadores Rurais (Contag), classificam a proposta como ataque ainda maior aos direitos trabalhistas.