Em coletiva, Roxinho formaliza parcerias e novos projetos

Na tarde desta quarta-feira (26/10), o aniversariante do dia, o Campos Atlético, que completa 104 anos de fundação, reuniu a imprensa na sede do Parque Leopoldina para oficializar os projetos, como a parceria da empresa TEN 10 e também formalizar a renovação do técnico Rafael Soriano. Contando com novos dirigentes, Dirceu Júnior, Fernando Simone, além do Rodrigo e Mauro Farias, e também o diretor executivo Victor Mothé, comentaram sobre assuntos especulados na semana e ao final da coletiva, dirigentes e convidados cantaram parabéns ao clube.

A coletiva foi em ritmo de comemoração, com anúncios, novas parcerias e renovação de jogadores. O primeiro assunto em pauta foi a troca de nome do clube, que foi especulado durante essa semana, pois a Federação de Futebol do Rio de Janeiro (FERJ), reconhece o Campos como Carapebus, e a diretoria aguarda só a finalização perante a Cofederação Brasileira de Futebol (CBF). Com isso o Roxinho chamará Campos Atlético Clube.

Muito especulado foi sobre o Estádio do Goytacaz, pela situação precária que se encontra, onde o Roxinho pretende mandar os jogos da Série A e, possivelmente, jogar contra os quatros grandes clubes do Rio, se a FERJ autorizar. E para dar uma conferida na situação do estádio, Dirceu Jr, Fernando Simone e o Fábio Fernandes tiveram a oportunidade de avaliar nesta tarde.

E o diretor executivo Victor Mothé, deixou claro que o estádio pode receber um bom público e dar um bom retorno ao time, mesmo com os gastos especulados.

“Precisa realmente de muita reforma e não temos medido esforços, é primordial jogar em Campos. Porém, precisamos pensar grande, que vai trazer um público considerável e o tempo é curto para fazermos um investimento grande. É uma reforma, mas também é um conjunto de melhorias exigido pela Federação e vai ser um presente para cidade”, explicou.

Já sobre o novo regulamento da FERJ, que possivelmente terá um novo arbitral que ainda não foi divulgado pela mesma, que teria uma primeira fase sem os grandes. O vice-presidente Mauro Farias comentou sobre o assunto e espera que isso seja resolvido logo e se mostrou esperançoso para que a Federação tome uma decisão justa em breve.

“Estamos aguardando com muita ansiedade, pois nós nos sacrificamos tanto para chegar até aqui e só a gente sabe o que passamos, é até difícil de falar, é um time que saiu da Série C e hoje está na primeira divisão. Foi um investimento muito suado, estamos esperando que a decisão seja justa”, destacou.

Os diretores não quiseram revelar as possíveis contratações e nem quem irá sair do Campos, pois a maioria dos jogadores estão com o contrato até o dia 31 de dezembro e também não eliminaram a contratação de um atleta de renome, como vem sendo especulado pela mídia, mas o Fernando Simone deixou claro que tudo será dentro das condições financeiras do clube.

“Vamos reforçar o elenco e estamos estudando o que é melhor e o que Soriano quer fazer, quais atletas se encaixam nesse esquema, e quais tem o perfil para jogar a Série A, dentro disso estamos estudando o que é melhor. Já tivemos muita indicação de atleta, e aqueles que a gente conhece a função, estamos começando a conversar e nas próximas semanas já estaremos fechando. Sobre jogador de renome, se couber no nosso orçamento, já tivemos indicação de um e de outro, não adianta trazer nome só pelo nome, mas sim que ele acredite no projeto e que ele some ao clube. Existe possibilidade sim, não nego e também não vou divulgar os nomes, por enquanto” , explicou Simone.

Já focado no ano que vem, o Roxinho iniciará a pré-temporada no Rio de Janeiro, na Barra da Tijuca, no dia 16 de novembro, já com os novos reforços. E os dirigentes esperam ainda anunciar novas parcerias essa semana, como por exemplo, um novo material esportivo.

About fabricio lirio

fabricio lirio has written 1347 post in this blog.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *