Goyta ganha no TJD e escapa do rebaixamento

O Angra dos Reis foi punido com a perda de 17 pontos e foi rebaixado para a Série C do Campeonato Carioca

Réu no julgamento desta quinta-feira (14), no Pleno do Tribunal de Justiça Desportiva (TJD-RJ), o Angra dos Reis foi punido com a perda de 17 pontos e foi rebaixado para a Série C do Campeonato Carioca. Por seis votos a dois, os auditores do Tribunal decidiram que o clube deveria ser punido com a perda de pontos, pela escalação de Luiz Felippe e Vitor, dois jogadores supostamente irregulares.

A decisão salva do rebaixamento Duque de Caxias e Goytacaz. O Angra passou a ter 12 pontos, abaixo dos outros dois clubes na classificação, despromovido ao lado de Belford Roxo e Ceres. Porém, o caso não acaba agora. O Angra dos Reis irá recorrer ao Supremo Tribunal de Justiça Desportiva (STJD) para que possa voltar ao campeonato. Assim, de momento, a disputa do Grupo X fica suspensa. Vale ressaltar que a nova decisão contrasta

A sessão que marcou o julgamento do Angra foi tensa. Iniciada com 22 minutos de atraso, ela contou com as presenças dos advogados Mauro Chidid, do Angra dos Reis, além de Leonardo Rachid, representando o Duque de Caxias, e Fabio Menezes, do Goytacaz. O procurador da sessão foi o Dr. André Luiz Valentim. Enquanto a Procuradoria (que recorreu da decisão) defendia que o prazo para a inscrição não foi respeitado, enquanto o Angra dos Reis se apoiou em uma Resolução emitida pela Federação de Futebol do Estado do Rio de Janeiro (FFERJ), alegando que os atletas estavam regularizados.

Quando a votação começou, cerca de uma hora após o começo da sessão, o relator e o primeiro auditor votaram pela punição ao Angra. Porém, tudo foi paralisado quando o auditor Jaime Santoro pediu 15 minutos de suspensão para analisar melhor o caso. Na volta, outros quatro auditores votaram pela punição, com dois votos contra. Um dos votantes alegou mal estar e se absteve da votação. Ao todo, a sessão levou 1h40.

About fabricio lirio

fabricio lirio has written 1347 post in this blog.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *