Casos de dengue caem em Macaé

O trabalho de diversos setores da Prefeitura de Macaé no combate ao mosquito Aedes aegypti, transmissor da dengue, zika e chikungunya já mostra bons resultados. De janeiro a maio de 2016, os números apontam uma redução de casos notificados de dengue, com a queda de 87%.

Durante a reunião do Comitê Gestor de Atenção e Combate ao Aedes, na última quinta-feira, a coordenadora de Vigilância em Saúde, Ana Paula Dalcin, afirmou que, mesmo com a redução, o trabalho de combate ao vetor continua intenso. “A população deve continuar atenta e manter a vistoria semanal no local de trabalho e em suas residências”, frisou.

Os dados revelam que, até 30 de maio, foram 878 casos notificados: 217 (janeiro); 237 (fevereiro); 255 (março); 139 (abril) e 30 (maio). Dos casos notificados, 736 foram confirmados.

A equipe do Centro de Controle de Zoonoses (CCZ) garante que a conscientização da população e os mutirões, realizados nos bairros ao longo do ano, são fundamentais para redução do índice de infestação do mosquito. De acordo com o último Levantamento Rápido de Índice para Aedes aegypti (LIRAa), em maio, apontou uma queda de 50% no índice de infestação predial se comparado com o levantamento de outubro de 2015.

Alerta – Os mutirões e as visitas domiciliares continuam na próxima semana. Entre os dias 6 e 10, uma equipe estará nas localidades de Trapiche, região serrana. Já no dia 7, o trabalho será intensificado no bairro Imboassica.

About fabricio lirio

fabricio lirio has written 1347 post in this blog.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *