Quinto dia de ocupação da coordenadoria estadual de educação

Marcus Pinheiro
Foto: Tércio Teixeira

Permanece a ocupação do prédio da Coordenadoria Regional de Educação do Estado em Campos, que completa cinco dias nesta sexta (27). Os professores que continuam no local informaram que o movimento poderia ter sido encerrado na manhã dessa quinta (26) caso a secretaria de Estado de Educação (Seeduc) tivesse acatado a proposta enviada na última quarta-feira. O movimento foi mantido por tempo indeterminado devido ao não posicionamento oficial da secretaria.

Como condição, os manifestantes exigem que a Seeduc emita uma circular informativa esclarecendo quanto ao cumprimento do ano letivo nas escolas em greve, a proibição de transferências de alunos da rede estadual de ensino no período de paralisação e a inibição das classes. Enquanto o impasse entre os profissionais e o Estado não é solucionado, os professores continuam na sede da Regional Norte Fluminense sem energia, água e alimentos.

De acordo com a representante do Sindicato Estadual dos Profissionais de Educação do Rio de Janeiro (Sepe-RJ), Graciete Santana, as transferências de alunos das escolas ocupadas ou em greve estão ocorrendo de forma massiva nos últimos dias. Desta forma, segundo ela, quando as aulas forem retomadas, os professores podem ter as matriculas transferidas para outras unidades devido a diminuição do número de estudantes.

Graciete informou ainda que durante a tarde da última quarta-feira (25) os ocupantes aguardaram um posicionamento da Seeduc, que, segundo ela, havia se comprometido a emitir a circular informativa como um sinal de negociação com a classe. No entanto, como o não houve posicionamento oficial do órgão, a ocupação foi mantida até a próxima segunda-feira, quando haverá nova assembleia. Na manhã desta sexta, havia, na frente do prédio ocupado, 12 barracas e cinco viaturas policiais

About fabricio lirio

fabricio lirio has written 1347 post in this blog.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *