.

O processo de prova de vida dos segurados do INSS, por meio das agências bancárias, já tem data para começar: janeiro do ano que vem. Todos os aposentados e pensionistas que recebem benefícios em conta corrente ou poupança terão de se recadastrar, ano a ano, diretamente no banco pagador. Quem não se apresentar poderá ter o pagamento suspenso. Segundo a Federação Brasileira dos Bancos (Febraban), ficará a cargo de cada uma das 17 instituições financeiras conveniadas ao INSS autorizadas a fazer o pagamento escolher os mecanismos de comunicação para o recadastramento. O contato com o segurado será por meio de carta à casa dele ou por comunicado na tela de autoatendimento dos caixas eletrônicos. Os dados serão repassados automaticamente à Empresa de Tecnologia e Informação da Previdência Social (Dataprev). De acordo com o Ministério da Previdência Social, o objetivo da medida é manter o cadastro atualizado e evitar pagamentos indevidos. Antes, a necessidade de atualizar dados só valia para quem recebia via cartão magnético. Tanto a comprovação de vida quanto a renovação de senha (para os que contam com cartão magnético) serão realizadas por empregados do banco. A atualização dos dados poderá ser feita também em caixas de autoatendimento que contam com o sistema biométrico, de identificação pela palma da mão.

VISITE SEMPRE: http://fabriciolirio.com.br . Fonte: Folha da Manhã

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *