Educação continua reprovada

Jhonattan Reis
Fotos: Leitor e
Valmir Oliveira 

“Estamos com medo de mandar nossos filhos para a escola estudar por conta dos diversos problemas que ocorrem”, falou a esteticista Rosita Brito, de 48 anos, que, assim como outros responsáveis de alunos da Escola Municipal Alcindor Bessa, pediu atenção das autoridades para a situação enfrentada na unidade, localizada no Turf Club. De acordo com mães de alunos, são várias as dificuldades na escola, como falta de porteiros e diretora, ventiladores quebrados e salas depredadas. Na tarde de terça (9), quatro mães de alunos teriam se reunido com a subsecretária Municipal de Educação, com o objetivo de levar os problemas da unidade e solicitar melhorias. Segundo Rosita, a subsecretária teria dito que as dificuldades seriam resolvidas “o mais rápido possível”. Também na terça, o Sindicato Estadual dos Profissionais de Educação (Sepe) realizou assembleia informativa e cobrou, entre outros pontos, melhorias nas escolas.

— São muitas carteiras quebradas, ventiladores que não funcionam, portas sem chave e que abrem com tesouras. São vários os problemas na escola, sendo que o principal é a falta de segurança. Não tem um porteiro para verificar quem entra e sai da escola e as crianças fazem o que querem. Antes do último feriado houve dois casos de violência entre alunos nos banheiros da escola. Até crianças que não são da unidade entram lá, pois não tem ninguém para impedir. A escola ainda está sem diretor há uma semana e sem segurança desde o início do ano — disse Rosita.

Mães de alunos cobraram melhorias do poder público. “Se a situação permanecer, não mandaremos mais nossos filhos para a escola, pois acaba que já ficou perigoso demais. Minha filha, que tem 10 anos e estuda à tarde, conta que vários problemas acontecem diariamente no local. Já a subsecretária disse que vai agilizar o mais rápido possível e que podemos contar com ela”, falou Rosita.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *