Salários de políticos campistas congelam mas podem sair do freezer

Autor: fabricio lirio  //  Categoria: Noticia

Foi por unanimidade que a Câmara Municipal decidiu congelar os salários do prefeito e dos vereadores a se elegerem em outubro.

Assim, o futuro prefeito receberá R$ 20 mil enquanto cada vereador, R$ 13 mil – mesmos salários de hoje.

A medida – tomada em pleno calor da corrida eleitoral – tem o objetivo de proteger a já combalida economia do município. E, claro, de fazer um bonito com o eleitorado campista – tão decepcionado com a classe política como o restante do país.

O banqueiro e político Magalhães Pinto é autor da frase que diz: “Política é como nuvem. Você olha e ela está de um jeito. Olha de novo e ela já mudou”.

Mineiro como ele só, deve ter dito essa frase inspirado em nossa cidade. Afinal, segundo o atual presidente da Câmara, Edson Batista, o congelamento que foi decidido esta semana poderá ser revisto logo nos primeiros dias do ano que vem. Se o futuro presidente da Casa assim o desejar.

Propaganda eleitoral gratuita em rádio e TV começa hoje

Autor: fabricio lirio  //  Categoria: Noticia, Política

Começa hoje a propaganda eleitoral gratuita no rádio e na TV. Serão dois blocos de 10 minutos cada, um no início da tarde e outro à noite na Tv e às 7h e ao meio-dia no rádio.

O candidato da situação, Dr. Chicão (PR), abocanhou praticamente 50% do tempo da propaganda, por causa do grande número de partidos coligados. O atual vice-prefeito ficou com 4,6 minutos, seguido por Caio Vianna (PDT), com 1,43. Geraldo Pudim (PMDB), tem o terceiro maior tempo, 1,34 minutos.

Nildo Cardoso (DEM), ficou com 1,25 minutos. Os menores tempos são do candidato Rafael Diniz (PPS), com apenas 38 segundos, e Rogério Matoso (PPS), com 32 segundos.

Com uma campanha mais curta, com recursos reduzidos e menos tempo de Rádio e TV, os candidatos investem nas redes sociais para tentar convencer os eleitores, mas a grosso modo, percebe-se que nas transmissões ao vivo ou mesmo nos vídeos gravados, eles falam apenas para os “convertidos”, já que a população ainda não está no clima de eleições.

Os candidatos também tem utilizado as redes para divulgar as agendas diárias e divulgar fotos das atividades do dia.

A propaganda eleitoral gratuita vai até o dia 29 de setembro. O primeiro turno das eleições que elegerão prefeitos e  vereadores, será realizado em 2 de outubro, primeiro domingo do mês.

O tempo de cada candidato:

Chicão 4,06
Caio Vianna 1,43
Pudim 1,34
Nildo Cardoso 1,25
Rafael Diniz  0,38
Rogério Matoso 0,32

Por decisão do STJD, Americano é excluído da Série B

Autor: fabricio lirio  //  Categoria: Noticia

O julgamento envolvendo o Americano, sobre o caso do “áudio da discórdia” teve um novo capítulo na manhã dessa quinta-feira (25/08), em São Paulo. Por maioria de votos contra, o Americano está excluído da Série B do Campeonato Carioca.

Os advogados de Itaboraí e Americano fizeram as suas defesas, só com decisão de votos do STJD, por seis a um, o Tribunal decidiu excluir o Americano da Série B do Carioca, com isso o time de Campos teve sua multa reduzida para R$ 51 mil.

Com isso, a Série B deve voltar na quarta-feira (31/08), com o Itaboraí no Triangular Final, junto com o Campos e o Nova Iguaçu.

PRE/RJ: MP eleitoral passa a usar novo canal de denúncias

Autor: fabricio lirio  //  Categoria: Noticia

A Procuradoria Regional Eleitoral no Rio de Janeiro (PRE/RJ) expediu orientação para os 249 promotores que vão atuar nas eleições deste ano passarem a usar o Sistema Pardal, que reúne denúncias de cidadãos contra ilícitos eleitorais cometidos por candidatos nas campanhas deste ano. O objetivo é acelerar o conhecimento de irregularidades e a tomada de providências.

O Pardal já é utilizado pela Justiça Eleitoral e foi colocado à disposição do Ministério Público Eleitoral (MPE) pelo Tribunal Superior Eleitoral (TSE). Entre as condutas que podem ser denunciadas por meio da plataforma, estão a propaganda irregular, o uso da máquina pública, a compra de votos e os crimes eleitorais.

“Trata-se de mais uma ferramenta que visa a combater irregularidades praticadas pelos candidatos, em prol de uma eleição mais justa e igualitária”, afirma o procurador regional eleitoral Sidney Madruga.

O aplicativo Pardal pode ser baixado em dispositivos móveis (celulares e tablets).

FICHAS SUJAS – Visando a facilitar a identificação de fichas sujas, a PRE também já havia orientado os promotores eleitorais a utilizarem o Sisconta Eleitoral. A ferramenta, desenvolvida pelo Ministério Público Federal, reúne dados de pessoas condenadas com base em informações de dezenas de órgãos ligados à administração pública em todo o país.

Prefeitáveis participam de reunião com juiz eleitoral

Autor: fabricio lirio  //  Categoria: Noticia

A propaganda eleitoral gratuita no rádio e na TV começa nesta sexta-feira (26/08) e, para garantir que se mantenha uma eleição no nível de debate dos programas de governo e não de ofensas pessoais e divulgação de mentiras ou coisas inverídicas, o juiz da 75ª Zona Eleitoral de Campos, Ricardo Coimbra, conduziu uma reunião no auditório do Cartório Eleitoral, na tarde desta quinta-feira (25/08), com cinco dos seis candidatos a prefeitura no município. Apenas Geraldo Pudim (PMDB) não pode comparecer, pois estava com compromisso agendado no Rio de Janeiro, tendo sido representado pelo seu vice, Professor Edmar.

Durante a reunião foi assinado um termo de acordo entre os prefeitáveis: Dr. Chicão (PR), Caio Vianna (PDT), Nildo Cardoso (DEM), Rafael Diniz (PPS) e Rogério Matoso (PPS) e o vice da chapa de Geraldo Pudim. Na ata, cada candidato se declarou contra qualquer tipo de troca de dinheiro e qualquer vantagem pelo voto, se comprometendo também a orientar a base deles e seus eleitores a não realizar tal crime que é a compra de votos.

“Todos os candidatos foram convocados ontem (quarta-feira) e puderam vir apenas um não pode comparecer, mas veio o vice. Isso é muito importante porque eles são os protagonistas dessa eleição”, disse o juiz.

Esse ano, a campanha será mais curta, com recursos reduzidos e menos tempo de Rádio e TV. Serão dois blocos de 10 minutos cada, um no início da tarde e outro à noite na TV e às 7h e ao meio-dia no rádio. “A gente torce que essas eleições aconteçam dentro das regras da legislação que existe para garantir a isonomia entre candidatos e evitar o abuso do poder político e econômico nas eleições. Para isso temos a central informatizada do TRE que está trabalhando com um serviço de inteligência para fiscalizar”, informou Coimbra.

Temer sobre o impeachment: ‘Agora é esperar’

Autor: fabricio lirio  //  Categoria: Noticia

Na véspera do início da fase final do processo de impeachment, o presidente interino, Michel Temer, afirmou nesta quarta-feira (24) que aguarda o resultado com tranquilidade e que tem a confiança de que terá o número mínimo de votos para continuar à frente do Palácio do Planalto.

Perguntado sobre quantos votos o governo terá, ele evitou polemizar e respondeu o quantitativo mínimo necessário para que seja confirmado o afastamento definitivo de Dilma Rousseff: “Cinquenta e quatro”, disse o presidente interino.

Na saída de cerimônia para lançamento de medidas para o agronegócio, o peemedebista foi questionado sobre a expectativa para a etapa final, que começará nesta quinta-feira (25) no Senado. Temer negou estar ansioso: “Não. Agora é esperar, com tranquilidade”, respondeu.

A expectativa do Palácio do Planalto, no entanto, é obter um montante bem, com cerca de 63 votos pelo impeachment. Para atingir o placar, o Palácio do Planalto tem trabalhado para conseguir o apoio do presidente do Senado Federal, Renan Calheiros (PMDB-AL), e dos senadores Otto Alencar (PSD-BA) e Elmano Férrer (PTB-PI).

O primeiro não votou e os dois últimos se posicionaram contra o afastamento da petista durante a etapa da pronúncia.

O Planalto tem tentado convencer Renan a declarar publicamente que está com o governo interino na fase final. Com esse objetivo, Temer vem fazendo acenos de aproximação. Nesse sentido, convidou Renan para participar do encerramento da Olimpíada do Rio de Janeiro e da reunião do G-20, nos dias 4 e 5 de setembro na China.

Nos bastidores, contudo, o presidente do Senado já indicou que pretende manter a postura de neutralidade, o que irritou assessores e auxiliares presidenciais.

Na tentativa de evitar recuos de última hora, Temer também iniciou ofensiva sobre senadores do Norte e Nordeste.

Como as regiões do país são consideradas os principais redutos eleitorais petistas no país, o receio do Palácio do Planalto é que os parlamentares sofram pressões de suas bases eleitorais para votar favoravelmente à presidente afastada.

Além disso, a preocupação é que o discurso emotivo programado pela petista para a próxima segunda-feira (29), no Senado Federal, possa virar votos na fase final e, assim, enfraquecer o apoio ao peemedebista que busca legitimidade popular para seguir à frente do Palácio do Planalto.

Câmara de Campos decide congelar salários de vereadores, prefeito e vice devido à crise

Autor: fabricio lirio  //  Categoria: Noticia

Diante das dificuldades impostas pela crise financeira que atinge o país com impactos nas receitas municipais, a Câmara Municipal de Campos decidiu  congelar os salários dos vereadores, prefeito e vice-prefeito para o período de 2017/20.

A decisão foi tomada na sessão ordinária desta quarta-feira (24), com a aprovação de um projeto de resolução aprovado por unanimidade pelos vereadores, mantendo os atuais subsídios dos parlamentares. Pela lei, os vereadores teriam reajuste ainda nesta legislatura.

O projeto favorável ao congelamento de salários contou com parecer favorável da Comissão de Finanças e Orçamento. Atualmente, os vereadores recebem salários de R$ 13 mil mensais brutos.

A medida de austeridade, no entanto, pode ser repensada pelo próximo presidente da Câmara.

“Na próxima legislatura, os vereadores poderão até reestudar o assunto, caso haja um cenário mais favorável na economia, com impacto menor nas finanças do município. Por enquanto, a decisão mais razoável foi essa em razão da significativa redução na arrecadação municipal”, disse o presidente da Câmara, vereador Edson Batista (PTB), que não concorrerá à reeleição.

Batista frisou que a própria prefeitura tem tomado decisões para a redução dos impactos da crise no município como a redução dos salários dos secretários e outros cargos de confiança, além da diminuição de valores de contratos, entre outras medidas de austeridade.

Detran cobrará de proprietários taxa por venda de veículos

Autor: fabricio lirio  //  Categoria: Sem categoria

O Detran-RJ criou uma nova taxa para os proprietários de veículos. Conforme portaria publicada no Diário Oficial nesta terça-feira, o contribuinte que quiser vender o seu automóvel terá que pagar o Duda de comunicação de venda, no valor de R$ 126,97. Antes, a transação era sem custo para proprietário e comprador. A nova norma foi assinada pelo presidente do Detran, José Carlos dos Santos Araújo, e já está em vigor.

A portaria estabelece que nos casos de transferência de propriedade o proprietário antigo deverá encaminhar ao órgão executivo do Detran, dentro de 30 dias, cópia autenticada do comprovante de transferência de propriedade, devidamente assinado e datado, sob pena de ter que se responsabilizar pelas penalidades impostas e suas reincidências até a data de comunicação. A nova norma determina que a taxa do Duda deverá ser paga pelo proprietário vendedor no CPF do proprietário comprador.

A cobrança da nova taxa vai onerar ainda mais os proprietários de veículos do estado do Rio, o único estado que obriga os donos de veículos a comparecer, anualmente, aos postos de vistoria do Detran para conseguir o licenciamento anual.

Forte terremoto atinge região central da Itália e deixa mortos

Autor: fabricio lirio  //  Categoria: Noticia

Um forte terremoto de magnitude 6,2 atingiu o centro da Itália na madrugada desta quarta-feira (24) – horário local -, perto de Perugia (a menos de 200 km de Roma), segundo o Serviço Geológico dos Estados Unidos (USGS, na sigla em inglês), organismo que registra os tremores em todo mundo.

Ao  menos 38 pessoas morreram, segundo declarou a Defesa Civil à agência Reuters. O número de desaparecidos passa de 100, segundo as agências de notícias internacionais. O Itamaraty informou que não há registro de brasileiros entre as vítimas.

A porta-voz da Defesa Civil, Immacolata Postiglione, afirmou que 27 pessoas morreram entre as cidades de Accumoli e Amatrice e outras 10 em Arquata. O local da morte da 38ª vítima não foi informado.

Os municipios de Amatrice, de 2.000 habitantes; Accumoli, 700 habitantes; e Norcia, 4.000 habitantes, sofreram os maiores danos, informaram autoridades.

Imagens de destruição em Amatrice (Foto: Remo Casilli / Reuters)
Imagens de destruição em Amatrice (Foto: Remo Casilli / Reuters)

Em Amatrice, na província de Rieti, o prefeito da cidade, Sergio Perozzi, afirmou que “metade da cidade” sofreu fortes danos e está em ruínas. “A metade da cidade já não existe. As pessoas estão sob os escombros”, lamentou Pirozzi, à emissora privada “Sky”.

“Os danos são numerosos”, afirmou o prefeito de Norcia, Nicola Alemanno.

Ao menos seis pessoas morreram em Accumoli, informou o prefeito da cidade, Stefano Petrucci. Ele disse ainda que quatro pessoas da mesma família, sendo pais e duas crianças, estão desaparecidas sob escombros de uma casa. “Quatro pessoas estão sob escombros. Elas não estão mostrando sinal de vida. São pais e dois filhos”, disse Petrucci à RAI.

O tremor foi sentido por 20 segundos na capital, Roma, e também no Vaticano. O sismo ocorreu a apenas 10 km da superfície e a 76 km a sudeste de Perugia, às 3h36 do horário local (22h36 desta terça, 23, no horário de Brasília). Minutos depois, outro tremor, de magnitude 4,6, sacudiu Rieti, na mesma região.

O sismo principal foi seguido por um outro, de magnitude 3,9, às 3h41, perto de Norcia, na província de Perugia, com epicentro a 7 km de profundidade. Ao menos 39 tremores de magnitude 3 e várias réplicas foram registrados no centro da Itália depois do forte terremoto desta madrugada, informou o Instituto Italiano de Geofísica, de acordo com a a Efe.

Um porta-voz do primeiro-ministro italiano, Matteo Renzi, afirmou que o governo monitora a situação, mas ainda não deu mais informações sobre o tremor.

Em nota, o governo brasileiro expressou sua solidariedade aos familiares das vítimas e ao governo da Itália. A Embaixada e o Consulado-Geral brasileiros em Roma estão monitorando a situação.

Outros terremoto
Em 29 de maio de 2012, terremotos de magnitude 5,6 e 5,8 atingiram Emilia Romagna, no norte do país, e deixaram 15 mortos e 4 desaparecidos. Várias cidades tiveram danos e 5 mil pessoas tiveram de deixar suas casas.

Dias antes, em 20 de maio de 2012, um tremor de magnitude 5,9 também no norte da Itália, em Bondeno, deixou seis mortos e 50 feridos.

Em 2009, tremor de magnitude 6,3 deixou mais de 300 mortos na região de L’ Aquila.

Para Dilma, renúncia seria presente aos inimigos

Autor: fabricio lirio  //  Categoria: Noticia

Faltando um dia para fazer a própria defesa no julgamento final de seu processo de impeachment no Senado, a presidente afastada Dilma Rousseff não tem intenção de renunciar ao mandato, o que evitaria o confronto e desgastes com políticos que já a apoiaram. Em entrevista na madrugada de segunda-feira no SBT, ela chamou o presidente interino de “usurpador golpista” e que o pedido de renúncia seria “um presente para eles”.

No entanto, Dilma não se deixa enganar: ela já dá seu impeachment como certo. Mas com seu espírito guerrilheiro, a presidente afastada lutará até o fim para se manter no cargo. “Realisticamente, lutarei até o fim. Jamais eu jogo a toalha”, disse com orgulho.

De seu bunker no Palácio da Alvorada, Dilma tem conversado com senadores e luta para conseguir, amanhã, os 28 votos para se salvar, embora saiba que o grupo de Temer trabalhou pesado para antecipar a votação final e conseguir os votos necessários para o impeachment. Essa pressa teria um motivo: “ele tem medo de alguma delação premiada que mostre o grau de comprometimento do governo interino”, afirmou.

A ideia de ir pessoalmente ao Senado para fazer sua defesa tem o objetivo de constranger seus ex-ministros Eduardo Braga (PMDB-AM), Edison Lobão (PMDB-MA), Fernando Bezerra Coelho (PSB-PE), Garibaldi Alves Filho (PMDB-RN), Marta Suplicy (PMDB-SP) e Marcelo Crivella (PRB-RJ) que mudaram de lado e votaram contra ela.

Dilma reafirmou que não cometeu crimes, mas reconhece muitos erros, “inclusive o de não perceber que iria ser traída do jeito que fui” e de escolher Temer para seu vice. Sem trocadilho, ela disse que uma eventual prisão de Lula seria uma “temeridade”.

O julgamento da presidente afastada pode durar até cinco dias. Serão 120 horas de tensão extrema para Dilma e de total constrangimento para Temer. Ela disse à emissora de Silvio Santos que “nenhum empreiteiro pode afirmar que deu alguma contribuição financeira” para ela. Mas reconheceu: “Pode dizer que deu para minha campanha”.